Novidades do Balaio

O balaio da redação continua enchendo de CDs, cada dia mais e mais novidades.

Andy Summers e Fernanda Takai – Fundamental

Essa reunião seria improvável há alguns anos atrás e hoje ela é fundamental, e só foi possível por causa de uma mãozinha de Roberto Menescal que apresentou um ao outro. Juntos, Andy e Fernanda visitam a Bossa Nova, em canções escritas por Andy, onde ele acrescenta elementos de pop, jazz e música erudita, que ganharam inspiradas versões em português feitas por Zélia Duncan, John Ulhoa e a própria Fernanda Takai.

O resultado é um pop dissonante, cheio de bossa, inusitado, inesperado e inspirado. Um álbum que se tornou obrigatório na estante de qualquer fã de música pop.

NX Zero – Em Comum

Os meninos do NX Zero cresceram e se tornaram homens feitos, assim como sua música. Nesse novo álbum eles mostram essa toda essa maturidade, adquirida nesses 10 anos de carreira, são canções inspiradas numa verdadeira montanha-russa emocional, onde momentos brandos são sucedidos por porradas sonoras.

Tereza – Vem Ser Artista Aqui Fora

A banda Tereza é a mais nova sensação do rock carioca. Natural de Niterói a banda vem fazendo shows marcantes pelo Brasil afora, com seu rock entre o indie e o pop.

Foram indicados para a finalíssima do prêmio Multishow 2012 na categoria Experimente e acabam de lançar seu primeiro álbum, Vem Ser Artista Aqui Fora, um digno álbum de estréia, que já teve dois clipes muito comentados: “Selvagem”, dirigido pela norueguesa Siri Saugstad, que mora em Londres, filmado em Gales e estrelado por uma vietnamita Thuy Pham e o mais recente “Vamos Sair para Jantar”.

Mim quer Tocar

Como profetizou o grande Ultraje a Rigor, “Mim quer tocar, mim gostar ganhar dinheiro”.

Henrique Fogaça (Oitão)

Muitas vezes, não é bem assim, não é raro um músico ter uma segunda profissão que lhe garanta o sustento, enquanto se envereda pelo maravilhoso mundo da música. Mas tem quem siga o caminho inverso, gente que se realiza profissionalmente, nas mais diferentes profissões e não consegue viver sem pisar num palco. Resumindo, ganha dinheiro de outra maneira, mas adora fazer música. E quando alguém que já faz sucesso em outras áreas resolve se enveredar pelo complexo universo musical, realmente causa estranhamento e também encantamento.

Mas é bom adiantar que eles levam a música muito a sério, não é apenas um hobby para aliviar o stress. Eles realmente mandam bem e algumas dessas figuras estiveram no Showlivre para apresentar seus projetos.

O estilista, Fause Haten com seu trabalho solo nas mãos, mostrou que seu mundo não é feito apenas de tesouras, linhas e top models. O chef de cozinha Henrique Fogaça, o mais novo destaque da gastronomia, trouxe sua indigesta banda de hard core peso pesado, Oitão. Celso Cardoso, respeitado jornalista esportivo da TV Gazeta, mostrou sua face rebelde acompanhado por uma super banda de rock. E a escritora, blogueira e barraqueira Clarah Averbuck, nos presenteou com sua linda voz e letras inspiradas.

É imperdível, “quem quer tocar?”.

Rock Around the Clock

Bill Halley e Elvis Presley nos anos 1950: rock and roll

O que fizeram os jovens paulistanos numa sessão do filme Ao Balanço das Horas (Rock Around the Clock), com Bill Halley and His Comets, no Cine Paulista da rua Augusta, nos idos de 1956? Saiba no Eu, ela, o cão e o affair redivivo.

Senhoras e senhores, o jovem Leonard Cohen

O influente cantor, poeta, escritor e compositor Leonard Cohen

Há um documentário raro sobre o cantor, poeta, escritor e compositor canadense Leonard Cohen disponível na rede. Trata-se de Ladies and Gentlemen… Mr. Leonard Cohen, de 1965. Espécie de Bob Dylan de Montreal, o artista é influência direta de muita gente boa por aí. De R.E.M. e Sisters of Mercy – que tirou o nome da banda de uma das músicas de Cohen – a Nick Cave, Cat Power e Rufus Wainwright, passando por U2 e Echo & the Bunnymen. Confira no Eu, ela, o cão e o affair redivivo.