novo apanhador só movido a fãs

Por meio de financiamento coletivo, os gaúchos do Apanhados Só reunem mais de R$ 55 mil para gravar o disco 

A cinco dias do encerramento de seu projeto de financiamento coletivo, no último sábado (dia 8), o Apanhador Só conquistou os R$ 44.748 necessários para tornar o próximo álbum possível.

No ar desde o início de julho, a campanha dos porto-alegrenses ultrapassou a meta e fechou, na noite de quarta (12), em R$ 55.768, verba que será utilizada a partir de outubro para pagar despesas de gravação, além de mixagem, masterização, arte gráfica e fabricação de CDs. 749 pessoas colaboraram.

Apanhador Só - foto Roberta Sant'Anna

Com 11 canções inéditas, o disco, ainda sem título, está previsto para março de 2013. A produção musical fica a cargo de Gustavo Lenza e Zé Nigro, com quem o grupo trabalhou no compacto Paraquedas, produzido por Curumin – Lenza é engenheiro de som de artistas como Céu, Nação Zumbi e Lucas Santtana, e mixou a bolacha do Apanhador Só; Nigro é co-produtor de Japan Pop Show e Arrocha, função executada também em Paraquedas.

O quarteto guarda segredo em relação ao repertório da obra, mas não nega o desejo de incluir algumas das composições recentemente testadas em shows, como “Na ponta dos pés” (gravada na fita-cassete Acústico-Sucateiro, de 2011), “Torcicolo”, “Mas não” e “Líquido preto”. “Cartão-postal”, cujo único registro está numa performance acústica da banda no estúdio da revista Rolling Stone, também pode ser convocada.

O êxito do Apanhador Só deve-se, especialmente, à lista de recompensas elaborada por Alexandre Kumpinski (voz e guitarra), Felipe Zancanaro (guitarra), Fernão Agra (baixo) e André Zinelli (bateria).

Quem colocou a mão no bolso para ajudar os gaúchos, vai ganhar, por exemplo, encarte exclusivo feito à mão pelos músicos, oficina de gestão de artista independente, serenata e até show acústico na sala de casa – 39 fãs de várias partes do Brasil arremataram o último item.

Soma-se às recompensas campanha de fazer inveja, com ações como a apresentação em formato de piquenique, ao ar livre e de graça, promovida pela banda no Parque da Redenção, em sua cidade natal, para quase mil pessoas, e atendimento personalizado aos fãs, que puderam esclarecer dúvidas ligadas ao projeto com os integrantes no Facebook.

Antes da masterização, alguns financiadores sorteados pelo grupo participam de audição da obra em Porto Alegre e São Paulo, no início do ano que vem. A ideia é que eles troquem impressões e críticas com o quarteto sobre o material.

Depois de pronto, o novo trabalho fica disponível para download gratuito no www.apanhadorso.com.

Para ver todos os detalhes do projeto, acesse www.catarse.me/apanhadorso.

(Infos por Pamela Leme da Agência Alvanca)

Enquanto aguardamos, vamos lembrar da última passagem do Apanhador Só pelo Estúdio?

 

VMB 2011 – Indicados

Acaba de ser divulgado a lista de indicados ao VMB 2011 da MTV.
Na lista, muitos amigos do showlivre.com escolhidos pela chamada Academia MTV, formada por jornalistas, formadores de opinião e músicos, além de abrirem a votação popular. O resultado sai no dia 20 de outubro.

 

Confira a lista:
Categorias votadas pelo júri MTV
Clipe do Ano
Criolo – Subirusdoistiozin (direção: Tom Stringhini e Alexandre Casagrande)
Emicida – Então Toma (direção: Fred Ouro Preto)

 

 

Jota Quest – É Preciso (A Próxima Parada) (direção: Conrado Almada)
Garotas Suecas – Banho de Bucha (direção: Arthur Warren e Suza)

 

 

Lurdez da Luz – Andei (direção: João Solda)
Mallu Magalhães – Nem Fé Nem Santo (direção: Fabrício Pires Bittar de Carvalho)
Mombojó – Antimonotonia (direção: Fernando Sanches)
Móveis Coloniais de Acaju – O Tempo (direção: Steve ePonto)
Pitty – Só Agora (direção: Ricardo Spencer)
Thiago Pethit – Nightwalker (direção: Vera Egito e Renata Chebel)

 

Melhor Disco
Cavalera Conspiracy – Blunt Force Trauma
Criolo – Nó Na Orelha
Marcelo Camelo – Toque Dela
Marcelo Jeneci – Feito pra Acabar
NX Zero – Projeto Paralelo

Melhor Música
Criolo – Não Existe Amor em SP (Criolo)

 

 

Marcelo Camelo – Ôô (Marcelo Camelo)
Marcelo Jeneci – Feito pra Acabar (Marcelo Jeneci / Paulo Neves / Zé Miguel Wisnik)

 

 

Marina Lima (part. Samuel Rosa) – Pra Sempre (Marina Lima / Samuel Rosa)
NX Zero (part. Emicida, Yo-Yo e Dj King) – Só Rezo 0.2 (Di Ferrero / Gee Rocha / Emicida / Yo-Yo)
Versão Acústica no Estúdio Showlivre

 

 

Melhor Capa
Copacabana Club – Tropical Splash (arte: Rimon Guimarães)
CSS – La Liberación (arte: Lovefoxxx)
Garotas Suecas – Escaldante Banda (arte: Greg McKeighan)
Kassin – Sonhando Devagar (arte: Philippe Leon)
Tiê – A Coruja e o Coração (arte: Rita Wainer)

Revelação
Apanhador Só

 

 

Criolo
CW7

 

 

Marcelo Jeneci

 

 

Tulipa Ruiz

 

 

Aposta
Karol Conká
O Lendário Chucrobillyman
Rancore

 

 

Start

 

 

Tono

Artista do Ano
Criolo
Emicida
Marcelo Camelo
Marcelo Jeneci
NX Zero
Escolha da Audiência

Webclipe
A Banda Mais Bonita da Cidade – Oração
Banda Uó – Shake do Amor
Ecos Falsos – Spam Do Amor
Móveis Coloniais de Acaju – O Tempo
Skank – De Repente

Webhit
Larica dos Muleke
Magali Carioca
Phoenix de Ribeirão
Sou Foda
Friday, Versão Inri Cristo
Hit do Ano
CW7 – Me Acorde pra Vida
Emicida – Rua Augusta
Fake Number – Primeira Lembrança
Flora Matos – Pretin
Forfun – Quem Vai, Vai
Fresno – Eu Sei
Marcelo Jeneci – Felicidade
NX Zero – Onde Estiver
Rancore – Jeito Livre
Start – Que Vença o Melhor

Artista Internacional
Adele
Arcade Fire
Beastie Boys
Beyoncé
Britney Spears
Foo Fighters
Kanye West
Katy Perry
Lady Gaga
Strokes

Anote e Vá – Agenda Showlivre 30/jul a 6/ago

The Gilbertos @Livraria da Esquina

Para esta mini-turnê, Thomas e o baixista Akira van der S (esse mesmo, o lendário Akira de Akira S e as Garotas Que Erraram), viajam ao Brasil, onde a banda será completada pelo tecladista/agitador/lounge lizard Astronauta Pinguim e pelo baterista Felipe Maia.

Eurobossas, post-MPB e rock de garagem. Tudo numa banda que nunca gravou no Brasil mas morre de saudades da São Paulo dos anos 70 e 80.

30de julho – sábado – 23h
+ BENJAMINS
DJs residentes: André Girardi & Robssey
convs: Jair Marcos (Fellini / 3 Hombres), Mary FreeFall (Menz Insana) & Fábio Vietnica (VDJ)
Ingresso: R$ 20,00
www.livrariadaesquina.com.br

Trio Virgulino @Remelexo

O Trio Virgulino com 31 anos de carreira já colocou muita gente para dançar e se divertir por todo Brasil e também no exterior. No repertório da noite, o Trio Virgulino traz sucessos como “Forró e paixão” e “ Preciso do seu sorriso”, além de “Vida de forró”, faixa que faz parte do novo CD do trio, lançado no primeiro semestre deste ano.

Remelexo
Rua Ferreira de Araújo, 1076 – Pinheiros
31 de julho – domingo – a partir das 22h.
Ingressos: R$ 10 a R$ 22
Contato: (11) 3034-0212.
www.remelexobrasil.com.br

Otis Trio @Bar B

Jazz energético com participação dos DJs MZK e João Ciriaco

30 de julho – sábado – 22h
Bar B
Rua General Jardim 43 – República
Ingresso: R$ 10,00

Comma @Casa do Mancha

30 de julho – sábado – 21h
Casa do Mancha
Rua Filipe de Alcaçova s/n
R$ 10

Apanhador Só @SESC VIla MAriana
Rua Pelotas 141 – Vila Mariana

A volta dos gaúchos para uma apresentação eletrificada. A única do mês de agosto em SP.

SESC Vila Mariana
Rua Pelotas, 141, Vila Mariana
3 de agosto – quarta – 20h30
Ingressos: R$ 3 a R$ 12

Uma Noite Para Maysa @SESC Belenzinho

Show de lançamento do álbum Uma Noite para Maysa, que traz Cauby Peixoto, Claudette Soares, Cida Moreira, Célia, Alaíde Costa e Claudia “cantando Maysa, diva eterna da música brasileira.

O álbum foi gravado ao vivo, em abril de 2008, no SESC Vila Mariana com produção de Thiago Marques e recém-lançado pelo selo Lua Music.

Uma Noite Para Maysa
Artistas: Cauby Peixoto, Claudete Soares, Cida Moreira, Célia, Alaíde e Claudia
Músicos: Daniel Bonbaczuk (piano), Ronaldo Rayol (violão), Eric Budney (baixo elétrico) e Nahame Casseb (bateria).
5 de agosto – sexta-feira – 21 horas
SESC Belenzinho
Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho

Plebe Rude @Projeto Arquivo do SESC Belenzinho

O projeto Arquivo do SESC Belenzinho apresenta artistas e grupos que consolidaram seu nome no cenário da música brasileira por meio de uma carreira profícua.

A banda Plebe Rude abre o projeto lançando o CD/DVD Rachando Concreto – Ao Vivo que comemora 26 anos do EP O Concreto Já Rachou, aclamado disco de estreia.

SESC Belenzinho
Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho
5 e 6 de agosto – sexta e sábado – 21h30
Ingressos: R$ 6 a R$ 24
Telefone: (11) 2076-9700 – www.sescsp.org.br/belenzinho

Plebe Rude

Pepeu Gomes @SESC Santana

O guitarrista, compositor e cantor apresenta o show ‘Pepeu Toca Novos Baianos’. Pepeu também apresenta o merengue, a salsa e os violões flamencos, que segundo o músico, “estão presentes nos meus espetáculos aqui e no exterior”.

SESC Santana
Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana
05, 06 e 07 de agosto. Sexta e sábado, às 21h. Domingo, às 18h.
Ingressos: R$ 4 aR$ 16
Telefone para informações: (11) 2971-8700

Holger no Estúdio Showlivre

Showlivre.com e Move that Jukebox apresentam Holger no Estúdio Showlivre

Holger - foto por Ariel

Atração do Estúdio Showlivre no dia 21 de junho, o Holger apresenta as músicas do seu aclamado álbum Sunga (2010).

Junto com o pessoal do Move That Jukebox, que promove o Jukebox Festival no começo de julho, o showlivre.com faz a transmissão ao vivo do Estúdio Showlivre com Holger a partir das 17h. Promessa de uma apresentação divertida e cheia de energia, características marcantes da banda paulistana. Traduzindo: música para dançar, gritar “ôô” nos refrôes e as intervenções de Clemente Nascimento e do Move That Jukebox crew nas perguntas e nos breaks.

Perfil do Holger:
Poucas bandas independentes brasileiras têm chamado tanta atenção quanto o Holger. A banda despontou com Green Valley (2008), um EP calcado no indie rock “clássico” de ídolos como Pavement, Flaming Lips, Wilco e Dinosaur Jr.

Logo, suas apresentações energéticas e imprevisíveis ganharam reconhecimento dos mais atentos. Seguiram-se shows por todo o país, apresentações ao lado de gente como Dirty Projectors, No Age, Matt and Kim e Super Furry Animals, e viagens para os festivais South by Southwest (EUA) e Pop Montreal (Canadá). No início de 2010, o quinteto trancou-se em estúdio com o americano Roger Paul Mason, e de lá saíram com Sunga, seu primeiro álbum.

Rolla, Pata, Arthur, Pepe e Tché, notoriamente se inspiram nas guitarras e batuques do afro beat de Fela Kuti, em gerações diferentes do pop eletrônico como o New Order e Passion Pit, na esquizofrenia pop de nomes como Mae Shi e Islands, e nos atuais desconstruidores do indie rock, como o Animal Collective, sem deixar de lado a paixão pelo indie rock clássico do Wilco, Pavement e companhia.

Sobre o Jukebox Festival:

Jukebox Festival – dias 01 e 02 de julho, no Estúdio Emme
Com dois dias de shows, dez atrações nacionais, disputa para participação de banda estreante, divulgação por redes sociais e cobertura feita pelo público, Jukebox Festival comemora a força cada vez maior do “faça você mesmo”
Organizado pelo blog Move That Jukebox, site conhecido por notícias exclusivas ou em primeira mão de bandas nacionais e internacionais, o evento é uma confraternização de bandas, artistas, profissionais e público, que têm em comum atuar e transitar à margem dos meios tradicionais na produção e consumo de arte e informação.

Tem promoção para ganhar passaporte pro Jukebox Festival. Confira aqui

Mais infos do Jukebox Festival, aqui

Sobre o Move That Jukebox:

Legítimo exemplar desta cena, o blog Move That Jukebox foi criado por seis adolescentes entre 15 e 17 anos, de diferentes cidades, que se conheceram pela internet em uma comunidade do extinto Tim Festival e resolveram unir forças para colocar no ar uma página com informações, resenhas de discos e shows, entrevistas com músicos e personagens relacionados à música, especialmente ao rock moderno. Em um ano, o blog já era indicado a prêmios. A estas indicações seguiram-se comentários e matérias explicando a origem da página e a indicando como uma referência entre os principais veículos independentes de música no país.

Mais do Jukebox Festival

O Jukebox Festival soltou mais detalhes da festa nos dias 1 e 2 de julho que vai rolar no Estúdio Emme em São Paulo, fique ligado:

Venda de ingressos:
começa na próxima segunda, dia 30/mai

Sua banda na abertura do Jukebox Festival:
Segunda (30/mai) também começa a disputa da banda estreante que vai tocar no festival. Estão pré selecionando 5 e na semana que vem, dedicarão cada dia para uma delas com post, vídeo e afins e na sexta abrem a votação para os leitores do blog Move That Jukebox escolherem quem vai tocar.

Line-up e horários:
O Jukebox Festival será realizado em dois dias: um dedicado ao rock e outro à música eletrônica. Na sexta-feira, se apresentam Bidê ou Balde (RS), Apanhador Só (RS), Garotas Suecas (SP), Holger (SP) e o grupo vencedor da disputa promovida pelo blog. No sábado, será a vez de The Twelves (RJ), Zemaria (ES), Boss in Drama (SP), André Paste (ES) e Killer on The Dance Floor (SP).

Sexta, dia 01 de julho:
22h30 – Abertura com o DJ Ricardo Lemke
23h – Banda de abertura – SP
23h45 – Apanhador Só – RS
0h50 – Garotas Suecas – SP
1h55 – Holger – SP
3h15 – Bidê ou Balde – RS

Sábado, dia 02 de julho:
22h30 – Abertura com o DJ Ricardo Lemke
23h – André Paste – ES
0h00 – Zemaria – ES
1h05 – Boss In Drama – SP
2h10 – The Twelves – RJ
3h45 – Killer On The Dancefloor – SP

Confira mais das bandas aqui

Serviço:
Jukebox Festival
Quando: 01 e 02 de julho de 2011
Abertura da casa: 22h
Início dos shows: 23h
Onde: Estúdio Emme – Avenida Pedroso de Moraes, 1036. Pinheiros, São Paulo
Censura: 18 anos
Ingressos à venda na bilheteria do Estúdio Emme ou em www.compreingressos.com
Mais Informações: www.facebook.com/jukeboxfestival
contato@movethatjukebox.com
Lote 1: R$ 25,00 (por dia)/ R$ 40,00 passaporte
Lote 2: R$ 35,00 (por dia)/ R$ 60,00 passaporte
Lote 3: R$ 45,00 (por dia)/ R$ 90,00 passaporte
Patrocínio: Devassa
Produção: Caleidoscópio – Comunicação Cultural
Apoio: PROAC, Governo de São Paulo e 3Plus

Sobre o Move That Jukebox:

O blog Move That Jukebox foi criado por seis adolescentes entre 15 e 17 anos, de diferentes cidades, que se conheceram pela internet em uma comunidade do extinto Tim Festival e resolveram unir forças para colocar no ar uma página com informações, resenhas de discos e shows, entrevistas com músicos e personagens relacionados à música, especialmente ao rock moderno. Em um ano, o blog já era indicado a prêmios. A estas indicações seguiram-se comentários e matérias explicando a origem da página e a indicando como uma referência entre os principais veículos independentes de música no país.
Atualmente com quase quatro anos de existência, a trajetória do blog só tem crescido – e somam-se a ela popularidade e reconhecimento por um trabalho feito de forma despretensiosa, mas responsável e dedicada. Esta consolidação foi o início do projeto Jukebox Festival. Assim como a energia que os motivou a criar a página em 2007, a vontade agora era formatar um festival que fosse totalmente alinhado com o perfil “faça você mesmo”: bandas, divulgação, cobertura, produção.

Jukebox Festival

Um dos blogs de rock e afins mais bacanas da web, o Move That Jukebox, vai promover um festival nos dias 1 e 2 de julho no Estúdio Emme em São Paulo.

Reunindo nomes do rock e da música eletrônica, o Jukebox Festival alinhou para os dois dias as bandas:

  • Bidê ou Balde:
  • Zemaria
  • Apanhador Só
  • Holger
  • Garotas Suecas
  • André Paste
  • Twelves
  • Killer on the Dancefloor
  • Boss in Drama
  • Para ficar mais animada ainda a festa e a movimentação em torno dela, o festival vai escolher uma banda nova que vai tocar no evento.
    Para saber mais clique aqui

    Confira Apanhador Só, Boss in Drama, Zémaria e Garotas Suecas no Estúdio Showlivre:

Retro-expectativa Showlivre 2010

O showlivre.com produziu mais de 200 programas com apresentações memoráveis de artistas de todos os gêneros, tamanhos e afinidades.
Tivemos desde uma big band de ska (Orquestra Brasileira de Mùsica Jamaicana) até one man band (Zeca Viana), todos apresentando seus trabalhos ao vivo e captados pela nossa equipe técnica num belíssimo padrão de áudio e vídeo.

Todas as apresentações trouxeram seu brilho e sua energia. Algumas, por diversos motivos, ficaram marcadas na equipe do showlivre.com.
Escolhemos 15, das centenas que produzimos, que exemplificam tanto a diversidade musical, quanto a proposta de levar a boa música para todos.

Aproveitem:
Obs: A lista está sem critério de ordem, é apenas uma lista de coisas bacanas para você curtir..

Aerocirco – “Ninguém vai desistir de você” (14/09/2010)

Marcel Powell – “O morro não tem vez” (03/08/2010)

Vinicius Calderoni – “Vou mandar pastar” (23/03/2010)

Ailaika – “Magnólia” (21/12/2010)

Tulipa Ruiz – “A ordem das árvores” (28/07/2010)

Jair Naves – “Carmen, todos falam por você” (25/10/2010)

Los Porongas – “Tudo ao contrário” (13/08/2010)

Rosie & Me – “Come back” (23/11/2010)

Miranda Kassin e André Frateschi – “Deixa-se acreditar” (9/11/2010)

Clarah Averbuck – “Tell me something good” (31/08/2010)

The Name – “Let the things go” (10/08/2010)

Funk Como Le Gusta – “Funk de bamba” (12/05/2010)

Vanguart – “Desmentindo a despedida” (16/11/2010)

Musica Diablo – “Twisted Hate” (15/09/2010)

Apanhador Só – “Bem-me-leve” (8/09/2010)