Cidade Verde Sounds apresenta O Jogo

Novo disco do Cidade Verde teve músicas gravadas no Tuff Going na Jamaica

O terceiro disco do Cidade Verde Sounds intitulado O Jogo é a confirmação do fenômeno no qual o grupo se tornou. Rodando o Brasil incessantemente – com os shows lotados de jovens politizados e de cabeça aberta – Guilherme Adonai e Paulo Dub Mastor reverberam suas ideias pelo país e fora dele.

O Jogo, lançado virtualmente, começou a ser concebido em Kingston, na Jamaica, em 2014. As músicas “Rebelde na Esquina”, “Hoje” e “O que a vida traz” foram produzidas nos estúdios Tuff Gong, que pertenceu a Bob Marley.

A faixa título, que abre o disco, é uma mistura de reggae com ragga. A letra complementa a imagem da capa: “o microfone é a extensão da cabeça”. Para o Cidade Verde Sounds, o reggae é mais do que mensagens de paz e respeito à natureza. O estilo criado na Jamaica é uma verdadeira arma.

Os ritmos jamaicanos do Cidade Verde Sounds são altamente produzidos e inovam nos beats. “Dancehall Style” é um convite para a pista de dança. Já o convidado Monkey Jhayam solta o verbo em “Real Raggamuffin”. Seu vocal ragga ganha corpo com a base eletrônica de Dub Mastor: uma mistura de trap com dubstep – bass music da pesada!

Com um forte discurso contra a proibição da maconha, a música “É Proibido” relembra que “já chegou a hora de uma reavaliação”.

Uma parceria que reforça o respeito dos artistas veteranos pelo Cidade Verde Sounds é a presença de Zeider (vocalista da banda Planta e Raiz) na música “Hoje” – um reggae ensolarado que dá vontade de viver.

“Estar com você” é o momento funkeado, com os sopros em primeiro plano nesta balada. O funk segue regendo a faixa seguinte, “Por Amor”, que ganha os beats do DJ Coala e as rimas de Nissin, do grupo Oriente, um combo de rap poderoso, que também vem trocando ideias com os jovens de todo o Brasil.

“Viver como um Só”, que foi uma parceria com o selo Oneness Records, da Alemanha, relata as diferenças entre as pessoas e convoca a todos para enxergar beleza nas outras culturas e nas diferentes formas de pensar.

A última faixa, “Red Eyes”, uma balada acústica, já tem um clipe lançado que conta com mais de meio milhão de visualizações no YouTube. O disco foi masterizado por Fernando Sanches no Estúdio El Rocha.

++Cidade Verde no Estúdio Showlivre

#Ep13 do showlivre.com levou artistas plurais para a TV Cultura

Episódio mostrou artistas que mantêm outras atividades além da música

A edição do showlivre.com exibida no sábado passado (31/10), na TV Cultura, mostrou músicos plurais – artistas que, além da música, utilizam seus talentos em outras atividades. Dentre eles, Zeca Baleiro, músico e cronista; Chico César, ex-secretário de cultura; Os Mulheres Negras, projeto de André Abujamra e Maurício Pereira, artistas com carreiras plurais; Ratos de Porão, banda de João Gordo, músico e apresentador; e Metá Metá, grupo de Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França.

Em primeira mão, o artista multimídia Aguilar e o baterista André Jung mostraram seu novo projeto de música experimental. No Heavy Lero, Clemente Nascimento e Gastão Moreira contaram um pouco da história de Jack White, fundador do White Stripes.

Confira a seguir todos os artistas apresentados.

– ZECA BALEIRO

– OS MULHERES NEGRAS

– RATOS DE PORÃO
– JACK WHITE NO KAZAGASTÃO
– CHICO CÉSAR
– METÁ METÁ

++BNegão & Seletores de Frequência no palco do ep12 do showlivre.com na TV Cultura
++Ep11 do showlivre.com na TV Cultura teve música para dançar

++Ep10 do showlivre.com levou música visceral para a TV Cultura

++A primavera do amor tomou conta do ep09 do showlivre.com na TV Cultura

++Ep08 apresenta artistas influenciados pelo brega

++showlivre.com comemora aniversário no ep07 da TV Cultura

++Ep06 leva nonsense e gêneros musicais variados para o showlivre.com na TV Cultura

++Black music é destaque do ep05 do showlivre.com na Cultura

++Ep04 mostra carreiras registradas pelo showlivre.com

++Ep03 mostra artistas dos quatro cantos do mundo
++No programa showlivre.com, influências e o legado do Manguebeat, destaques do ep02
++As duplas de todos os gêneros no ep01 do showlivre.com na Cultura

João Leão em lançamento duplo na capital paulista

Após lançar três faixas pela internet o músico se apresenta no Teatro Célia Helena e no Espaço Revista Cult

João Leão que acompanha como tecladista Di Melo, Saulo Duarte e a Unidade, Daniel Groove, Bárbara Eugênia, Lira, Lucas Santtana, Los Porongas, entre outros se apresenta nessa sexta (30) às 20H no Teatro Célia Helena.

O show será o lançamento no novo projeto do artista, João Leão na Casa de João Gilberto, e contará com as participações de Juliano Gauche, Meno Del Picchia, Beto Gibbs e Eduardo Escariz.

Na quarta dia 04/11, João participara de um diálogo musical sobre a bossa nova tocando suas versões para João Gilberto ao lado da professora Simone Luci Pereira no Espaço Revista Cult.

Confira João Leão em uma de suas passagens pelo Estúdio Showlivre com o Saulo Duarte e a Unidade e Daniel Groove:

Teatro Célia Helena
Rua Barão de Iguape, 113 – Próximo ao Metro Liberdade
30/10 (sexta-feira) – Show: 20h às 21h30
$10 (somente dinheiro)

Diálogo Músical – Espaco Revista Cult
Espaço Revista Culto
04/11 – Quarta-Feira – 15h às 17h30
R. Aspicuelta, 99 – Alto de Pinheiros
Grátis

Los Porongas lança Infinito Agora.

Após quatro anos, banda do Acre lança seu aguardado terceiro disco, Infinito agora.

Viabilizado pelos fãs através do Catarse, Los Porongas, a banda que vinha desde O Segundo Depois do Silênico (2011), nos presenteia agora com o Infinito Agora, 10 novas músicas gravadas no estúdio Cambuci Roots e mixadas no estúdio Klaus Haus.

Mudanças na formação ocorreram desde o lançamento do último disco. O guitarrista Carlos Gadelha, substitui João Vasconcelos, e forma o Los Porongas ao lado de Diogo Soares (voz), Márcio Murad (baixo) e Jorge Anzol (bateria). João no entanto não deixou a banda, ele assina a co-produção do disco e toca piano na faixa “Sobre mim”.

Além do ex-guitarrista, “Sobre mim” também recebe a participação de Dado Villa-Lobos. Em “Tarde pra voltar atrás” Bruno Gouveia, o vocalista do Biquini Cavadão divide os vocais com Diogo. Henrique Portugal do Skank toca teclado em “Caminho”. Em “menino velho” Fernando TRZ do Cérebro Eletrônico aplica sintetizadores. Por fim, João Leão (Saulo Duarte e a Unidade) toca teclados em quase todas as faixas.

Sobre o novo trabalho o vocalista Diogo Soares afirma “é essencialmente sobre as relações humanas, o efeito do tempo e sobre como tudo isso se relaciona com as estrelas, ou seja, praticamente as coisas que a nossa turma viveu nos últimos 4 anos em São Paulo e viajando por aí.”

Você poderá ouvir e baixar o novo trabalho da banda no site oficial deles losporongas.com.br.

Ficha técnica
Produzido por Los Porongas e co-produzido por João Vasconcelos.
Bases gravadas ao vivo, em julho de 2015, no Estúdio Cambuci Roots, São Paulo.
Mixado e masterizado por Klaus Sena, no Klaus Haus Studio, São Paulo.
Arte e fotos por Denis Diosanto
Todas as músicas por Los Porongas: Diogo Soares / Carlos Gadelha / Márcio Magrão / Jorge Anzol
Participações especiais: Dado Villa-Lobos, Bruno Gouveia, Henrique Portugal, João Leão, Fernando TRZ, João Vasconcelos, Tato Ferrari.

Confira abaixo a apresentação dos Los Porongas no Estúdio Showlivre

Agendão de Shows 30/out – 5/nov

A redação e os embaixadores do Showlivre prepararam uma seleção de shows que vão rolar na próxima semana. Se liga!


30/10 – Sexta-feira/strong>

Fino du Rap @ Sesc Belenzinho (SP)
O rapper paulista Fino Du Rap faz show de lançamento da mixtape Quixote. O álbum mescla poesia e literatura por meio da batida do hip-hop. Uma das marcas do MC e poeta é a mistura de estilos. O samba e o samba-rock se fundem com o rap em letras que tratam sobre respeito, amor e a sociedade contemporânea.
30/10/15 – 21h30
Sesc Belenzinho
Rua Padre Adelino, 1000. Belenzinho, São Paulo
R$10 meia / R$20 inteira
http://www.sescsp.org.br/unidades/25_BELENZINHO

Banda Maré @ Banana Republica (Campinas – SP)
Vale a pena conferir esse evento com músicas de alta qualidade e uma noite repleta de reggae ao som da Maré e animação total com o Dj Rodolpho!
30/10/15 – 22h
Banana Republica
Avenida Santa Isabel 425, Campinas
R$15 a R$80
https://www.facebook.com/bananarepublica/?fref=ts
Sugerido por: Diana Montez @dihMontez e Ana Valladares @Anna_valladares

Festival Sonzera @ Superloft (SP)
Música boa é a definição da gíria que dá nome ao festival. Serão dez edições com o melhor do rock e da MPB do novo cenário nacional. A abertura fica por conta da Inky, banda de rock eletrônico, formada por um quarteto paulistano.
30/10/15- 23h
Superloft
Rua Cardeal Arcoverde, 2926 – Pinheiros
R$20 meia / R$40 inteira
https://www.facebook.com/Superloft/?fref=ts

#AcenaViveSP @ Feeling Music bar (SP)
Participação especial das bandas Audio Local, Trela, Honra e Spazio!
30/10/15 – 21h
Feeling Music bar
Rua Domingos de Morais, 1739, Vila Mariana
R$30
https://www.facebook.com/events/845403322246325/
Sugerido por: Suzy Poquiviqui (@SuzyLouiseP)

31/10 – Sábado

Mundo Alternativo Fest @ Undertown Studio (Santo André – SP)
Em parceria com Undertown Studio com o Mundo Alternativo, que tal mais um Mundo Alternativo Fest? Edição POP ROCK com bandas convidadas: Junkie, Flor de Vinil, Stone Tree, Mordaz, Urbano Alerta
31/10/15 – 16h
Undertown Studio
Rua das Goiabeiras, Santo André, São Paulo
R$15
https://www.facebook.com/events/1513710445588683/
Sugerido por: Suzy Poquiviqui (@SuzyLouiseP)

Sala Espacial @ The Bing’s (Santo André – SP)
Pela primeira vez no ABC, Sala Espacial vem deixar a festa mais especial do The Bings ainda melhor.
31/10/15 – 16h
The Bing’s
Avenida Perimetral, 628 – centro – Santo André
R$25
https://www.facebook.com/events/1672008339708395/
Sugerido por: Suzy Poquiviqui (@SuzyLouiseP)

Crossover Hallowen Festival @ Feeling Music bar (SP)
No dia das bruxas, nada melhor do que comemorar em grande estilo: uma festa a fantasia com muitas bandas boas: banda ‘Sons de Saturno’ lançando o CD ‘Sons de Saturno’, banda Jolt com a turnê do CD ‘Keep On’ e muito mais! A melhor fantasia da noite (eleita pelo público até as 22h) ganhará R$50,00 de consumação no bar.
31/10/15 – 17h
Feeling Music bar
Rua Domingos de Morais, 1739, Vila Mariana
R$25
https://www.facebook.com/events/987978181224945/
Sugerido por: Suzy Poquiviqui (@SuzyLouiseP)

Thamires Tannous @ SESC Sorocaba (Sorocaba – SP)
A cantora e compositora sul-mato-grossense Thamires Tannous apresenta canções de seu álbum de estreia, “Canto para Aldebarã”.
31/10/15- 20h
SESC Sorocaba
Rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade – Sorocaba/SP
Gratuito
www.sescsp.org.br

Festival Mada @ Arena das Dunas (Natal – RN)
O festival Mada receberá várias atrações, como Pitty, Nando Reis, Mahmed, Felipe Cordeiro e Scalene! Não fique de fora, garanta seu ingresso e depois nos diz o que achou do show lá no twitter! ; )
31/10/15 – 20h
Arena das Dunas
Av. Prudente de Morais, 5121 Lagoa nova – Natal, RN
R$30 a R$80
https://www.facebook.com/arenadasdunas/?fref=ts
Sugerido por: Ana Valladares @Anna_valladares

Ponto Pro Rock @ Praça Victor Civita (SP)
A edição especial do Ponto Pro Rock, que comemora seus três anos de sucesso com apresentações em dose dupla. No sábado tocam as bandas Traidores a Bordo, Suiteluxo e Bora 8:12. No domingo, Chandraya, Big Lion e Stoneria sobem ao palco.
31/10 e 01/11/15 – 15h
Praça Victor Civita
Rua Sumidouro, 580, Pinheiros
Gratuito
www.pracavictorcivita.org.br

BNegão & os Seletores de Frequência @ Sesc Pinheiros (SP)
Em “TransmutAção” (cd mais recente), BNegão & Seletores de Frequência disparam sua já conhecida retórica junto a novas visões e sonoridades.
31/10/15 – 21h
Sesc Pinheiros
Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros, São Paulo
R$12 a R$40
http://www.sescsp.org.br/unidades/10_PINHEIROS#/content=programacao

Far From Alaska @ Sesc Santo Amaro (SP)
O repertório do show é inteiro de músicas autorais, compostas e cantadas em inglês. O destaque do show fica para a música “Dino vs Dino”, que foi lançada também em clipe, gravado nas Dunas do Rosado, em Porto do Mangue
31/10/15 – 20h
Sesc Santo Amaro
Rua Amador Bueno, 505 , Santo Amaro
R$15 meia / R$30 inteira
http://www.sescsp.org.br/unidades/26_SANTO+AMARO/

1/11 – Domingo (SP)
Meneio @ Jack Daniel’s Saloon
Agora é a vez do quarteto instrumental MENEIO se apresentar no projeto Jack Daniel’s Saloon. O grupo acaba de lançar o seu primeiro disco. O álbum homônimo traz nove faixas produzidas pela própria banda e que foram registradas num período de um ano e quatro meses, entre pré-produção e finalização.
01/11/15 – 19h
Jack Daniel’s Saloon
Av. Brigadeiro Faria Lima, 724
Gratuito
http://zsaloon.com.br/meneio

2/11 – Segunda-feira (SP)
Os Arrais @ Auditorio Ruy Barbosa Mackenzie
Os Arrais estarão em turnê em algumas capitais do Brasil e São Paulo será uma das capitais a receber a apresentação.
02/11/15 – 19h
Auditorio Ruy Barbosa Mackenzie
Rua Itambé, 135 – Higienópolis, 01239001 São Paulo
R$40
https://www.facebook.com/pages/Auditorio-Ruy-Barbosa/223034054376229?fref=ts
Sugerido por: Ana Valladares @Anna_valladares

3/11 – Terça-feira
Diogo Poças @ Tom Jazz (SP)
O músico promete um show que vai além do setlist usual em suas apresentações e para isso subirá ao palco com uma banda que é repleta de grandes estrelas: Leo Mendes no violão, Yaniel Mattos nos teclados, bateria de Bruninho Marques e baixo de Thiago Alves.
03/11/2015 – 21h
Tom Jazz
Av. Angélica, 2331 – Higienópolis – São Paulo – SP
R$60
http://www.tomjazz.com.br/

5/11 – Quinta-feira (SP)
Conferencia de mulheres SHINE @ Igreja Bíblica da Paz
A Conferência “SHINE” acontecerá na Igreja Bíblica da Paz, de 5 a 7 de Novembro. Terá presenças confirmadas de Helena Tannure, Edméia Williams, Leslie Royer, Prs. Edson e Célia Rebustini e muito mais!
05/11/15 – 20h
Igreja Bíblica da Paz
Rua Dona Santa Veloso, 575. Vila Guilherme
R$100
https://www.facebook.com/biblicadapaz/?fref=ts
Sugerido por: Ana Valladares @Anna_valladares

Chico Salem @ Jongo Reverendo (SP)
Guitarrista que acompanha Arnaldo Antunes mostra o show Esquenta, que faz uma prévia do seu segundo disco-solo previsto para o começo de 2016
05/11/15- 22h
Jongo Reverendo
R. Inácio Pereira da Rocha, 170 – Pinheiros, São Paulo -SP
R$15
https://www.facebook.com/jongoreverendo/?fref=ts

Serial Funkers @ Miranda (RJ)
A Banda Serial Funkers, destaque no programa Superstar 2015, da Rede Globo, faz show de lançamento de seu primeiro álbum autoral, Porque Funk é Coisa Séria. A apresentação terá participações especiais de Gabriel Moura, Marquinho O Sócio e Zé Ricardo.
05/11/15- 22h
Miranda
Avenida Borges de Medeiros, 1424 – Piso 2. Lagoa – RJ
R$40 a R$135
https://www.facebook.com/mirandabrasil/?fref=ts

Dilei @ Centro Cultural Rio Verde (SP)
A banda Dilei lança seu novo disco Figurantes de um Tempo Só com grande show no Centro Cultural Rio Verde. Fundado em Fortaleza e radicado em São Paulo, o Dilei é um grupo de rock que flerta com o pop. Entre idas e vindas, a banda já soma dez anos de estrada e retorna aos palcos com um novo disco:
Figurantes de um Tempo Só.
05/11/15- 20h
Centro Cultural Rio Verde
Rua Belmiro Braga – 119, Vila Madalena
R$20
https://www.facebook.com/ccrioverde/?fref=ts

Dia das Bruxas Rockin’ the EZP

Espaço Zé Presidente promove Noite das Bruxas com as bandas Bombay Groovy, Ted Marengos e Hammerhead Blue

O power trio da Bombay Groovy é uma das atrações do Rockin’ the EZP (crédito: Ale Marques)

O ritual de saudação às bruxas no Halloween, dessa vez, é conduzido por três grupos paulistanos autorais que tem se destacado na cena experimental.

A banda Ted Marengos abre a noite apresentando nova formação e canções do disco Firstprints, inspirado pelo folk e pelo blues. Com o clipe da música “This Girl” lançando recentemente, a banda se prepara para uma grande excursão.

Já a Bombay Groovy assume a festa assombrada com seu rock psicodélico pautado no uso do sitar indiano como “vocalista” do grupo, unindo assim oriente e ocidente em uma mistura transcendental. O grupo – atualmente com formação em trio – mostrará músicas de seu primeiro álbum, homônimo, mescladas com releituras de bandas como Focus e Led Zeppelin.

O grupo Hammerhead Blues fecha a noite com seu som direto e lamacento, altamente influenciado pelo 70’s rock. No palco, músicas do seu EP de 2014 e versões de clássicos que inspiram a banda.

A discotecagem ficará por conta de Mariô Onofre, Guta Kratz e Alyson Ferrer, englobando funk, R&B, gótico, psych, garage e fuzz! Noite imperdível para os adoradores de bruxarias e de sons obscuros.

Confira “Le bateau d’orpheu” do Bombay Groovy

Noite das Bruxas com as bandas Bombay Groovy, Ted Marengos e Hammerhead Blues (https://www.facebook.com/events/514088615426667/)
Data: 31/10
ESPAÇO ZÉ PRESIDENTE
Rua Cardeal Arcoverde, 1545 – Vila Madalena, São Paulo
Horário: 23h
Entrada: R$20 dinheiro – R$25 cartão​

Ep13 do showlivre.com leva artistas plurais para a TV Cultura

Episódio mostrará artistas que mantêm outras atividades além da música

A próxima edição do showlivre.com, exibida no próximo sábado (31/10), às 23h, mostrará músicos plurais – artistas que, além da música, utilizam seus talentos em outras atividades. Dentre eles, Zeca Baleiro, músico e cronista; Chico César, ex-secretário de cultura; Os Mulheres Negras, projeto de André Abujamra e Maurício Pereira, artistas com carreiras plurais; Ratos de Porão, banda de João Gordo, músico e apresentador; e Metá Metá, grupo de Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França.

Em primeira mão, o artista multimídia Aguilar e o baterista André Jung mostram seu novo projeto de música experimental. No Heavy Lero, Clemente Nascimento e Gastão Moreira contam um pouco da história de Jack White, fundador do White Stripes.

++BNegão & Seletores de Frequência no palco do ep12 do showlivre.com na TV Cultura
++Ep11 do showlivre.com na TV Cultura teve música para dançar

++Ep10 do showlivre.com levou música visceral para a TV Cultura

++A primavera do amor tomou conta do ep09 do showlivre.com na TV Cultura

++Ep08 apresenta artistas influenciados pelo brega

++showlivre.com comemora aniversário no ep07 da TV Cultura

++Ep06 leva nonsense e gêneros musicais variados para o showlivre.com na TV Cultura

++Black music é destaque do ep05 do showlivre.com na Cultura

++Ep04 mostra carreiras registradas pelo showlivre.com

++Ep03 mostra artistas dos quatro cantos do mundo
++No programa showlivre.com, influências e o legado do Manguebeat, destaques do ep02
++As duplas de todos os gêneros no ep01 do showlivre.com na Cultura

Geração Y: 03 itens para você levar em consideração sobre shows

Priscila Rocha da produtora Geração Y apresenta dicas valiosas sobre o sonho de todo músico

“A primeira coisa que escuto de músicos, em reuniões ou conversas informais quando questionado o que mais quer na carreia, a resposta que escuto 100% é: QUERO FAZER SHOWS! E partindo desse ponto é que hoje quero trazer algumas dicas e reflexões a partir do que vejo os músicos fazendo e do que acredito ser o ideal com base nos meus amigos e parceiros produtores.

Acredito que o primeiro ponto para abrir a discussão é a questão de quantos shows são necessários para ter uma agenda muito bacana e chamar a atenção de outros produtores e até mesmo público. Essa parte é até um pouco complicada porque no meu ponto de vista depende muito da forma que você buscará shows e como seu projeto musical está em relação a público. Vou exemplificar com alguns tipos de situações e como tenho visto funcionar no mercado ok? Mas vale lembrar que não é uma regra, existem as exceções. E que você deve entender que existem três tipos de públicos a trabalhar nessa relação: produtores, bandas e público final (fã).

Sua banda está começando: Como todo começo você precisa ser percebido de alguma forma e estar no meio dos que estão fazendo acontecer, afinal você quer ser um deles e estar no mesmo nível certo? Nessa etapa é onde costumam ter os grandes “erros” porque você quer aparecer e acaba fazendo muito e sendo pouco visto, porque sempre está aceitando todo e qualquer tipo de negociação (até as que precisam pagar do bolso) e acaba não tendo um retorno tão legal. Nesse ponto gosto de destacar e sugerir para as bandas terem 01 show por mês naquela cidade, pois dessa forma conseguem levar um número considerável de pessoas e chamar a atenção dos produtores, além disso vai contribuir para que todos daquela noite tenham uma boa experiência.

Sua banda já tem um público: Vamos considerar que um público é conseguir levar em todos os shows de 25 a 50 pessoas, porque considerando um ingresso a R$15 e levando 50 pessoas você já passa a dar um “lucro” de R$750 por show. Nesse item é legal você negociar com alguns produtores pelo menos % da lista que faz e do público que entra através de vocês, é uma forma da banda já conseguir monetizar seu trabalho. Aqui costumo dizer que banda pode até fazer mais de um show por mês, desde que seja íntegro e saiba fazer uma divulgação de forma que não prejudique nenhum show que está por vir além do mais próximo. Aqui vale a pena também em procurar por produtores de outras cidades e começar a expandir, sempre fazendo um trabalho para ser legal a experiência de todos os envolvidos (e não só do público final como muitos fazem).

Sua banda já cobra cachê: Aqui cabe tudo que foi citado no item anterior, e também vejo muitas bandas nessa etapa abrindo espaço pra bandas que acreditam ser potenciais (como fizeram com elas no início da carreira). Acredito que nesse ponto o mais solicitado pelos produtores é a questão de ter o bom senso do quanto cobrar. Aqui vale uma conta rápida também, o valor que você cobra justifica o número de pessoas que comparecem aos shows para te assistir? Se a resposta for sim, ótimo, você está no caminho. Agora se a resposta for não, acredito que cabe dar uma adequada e saber bem quais são os tipos de negociações que cabem aqui.

Para todos os itens deve-se lembrar que o que aqui foi apresentado é com base em conversas e experiências com bandas/produtores de shows AUTORAIS. As bandas ou projetos musicais que fazem COVER a história é mais diferente, porque já existe uma “cena” em que os bares e casas de shows acabam pagando pelo show já que não dependem do público da banda. Se esse for o caso no autoral acredito que cabe ter um valor fixo sim por menor que seja ou ter uma % de bilheteria.

Bom, agora que você tem um pouco mais sobre a visão do que os produtores procuram ou como geralmente lidam com uma negociação, sugiro que faça uma relação com o nome dos produtores + link ou e-mail de contato e comece a conversar com um por um. Mas antes, faça uma pesquisa e mostre para ele que você entende e conhece do trabalho dele, assim tenho certeza que eles darão mais valor e atenção para o seu também!
Compartilhe conosco como você tem feito para fazer shows? O próximo post é sobre como aproveitar e divulgar bem o seu show nas redes sociais \m/.”

Priscilla Rocha
Sobre a Pri:

Priscilla Rocha é CEO da Geração Y e sua área de atuação é com conteúdo e marketing digital focado em música independente. Está a frente também de projetos como “Brasileiríssimos Convida”, “Manilha Sessions” e “O Som de SP”.
É movida a arte, principalmente música e teatro 0/

O rock e o descompromisso do segundo EP de Foba

Em Gilgamesh, as composições apresentam uma visão mais pessimista e distópica da vida

Mais um rebento dos eventos dionísicos da UFPR, berço de bandas como Banda Gentileza e Sabonetes (hoje Esperanza), Foba é a reunião de Giuliano Batista com Wonder Bettin (Esperanza), Thiago Busse, Yuri Vasselai (Trem Fantasma) e Thiago “Trosso” Jorge (LouDog, Abraskadabras). Após um marcante lançamento do primeiro EP, Coroados, que mostrou um deslumbre de juventude, o projeto apresenta agora Gilgamesh, um retrato de inconformismo frente ao amargor das decepções e à melancolia do próprio tempo.

Liderado por Giuliano, para quem o sonho de fazer música se resumia a noites bêbadas de improviso e um violão, o grupo viu no retorno de sua estréia o combustível para voltar aos estúdios. Ou melhor, para o quarto. “Para manter o ar amigável e descompromissado, gravamos as três faixas no quarto do irmão do Trosso”, conta o músico.

As composições, essencialmente roqueiras, bebem em fontes de folk, stoner e psicodelia. “Não há como saber exatamente onde as coisas se misturam”, completa Giuliano. Exemplo dessa diversidade pode ser encontrado em faixas como “O Gato da Caixa”, que coloca em umcaldeirão o gato vivomorto de Shrödinger, o épico sumério de Gilgamesh, referências a Castañeda, Jim Morrison e Rimbaud.

As outras duas faixas, “Cão do Inferno”, que faz referência direta ao escritor Bukowski (“Love is a dog from hell”) e “Ficando Velho”, que traz a gravação de uma autópsia em meio a solos de guitarra, completam a tríade sinistra de Gilgamesh. Para a banda, o novo EP é como uma viagem desequilibrada, de destino desconhecido. “Ora despretensiosa, ora perturbadora”, dizem os músicos.

BNegão & Seletores de Frequência no palco do showlivre.com na TV Cultura

Episódio 12 mostrou show realizado em São Paulo, influências e parcerias de BNegão

A edição do showlivre.com na TV Cultura exibida no sábado (24/10) foi dedicada a BNegão, rapper que conquistou o país como um dos vocalistas do Planet Hemp. Atualmente, o artista trabalha seu projeto BNegão & Seletores de Frequência, que acaba de lançar o disco TransmutAção. O showlivre.com transmitiu o show de lançamento realizado no Centro Cultural Rio Verde, em São Paulo, e Clemente Nascimento e João Vicente Seno apresentaram imagens exclusivas do evento.

O programa também mencionou algumas das influências de BNegão: o gênero musical dub foi representado pelo grupo Z’África Brasil; o punk esteve presente no grupo Inocentes, referência declarada do artista. No quadro Heavy Lero, Clemente e Gastão Moreira contaram um pouco da história do Rage Against the Machine, uma banda que mistura rock com rap, tal como faz o Planet Hemp. Por fim, o showlivre.com exibiu a apresentação do Autoramas, uma banda que já fez parceria com BNegão.

Assista a seguir todos os artistas apresentados.

– BNEGÃO & SELETORES DE FREQUÊNCIA NO CENTRO CULTURAL RIO VERDE

– Z’ÁFRICA BRASIL
– AUTORAMAS

– HEAVY LERO SOBRE RAGE AGAINST THE MACHINE
– INOCENTES

++Ep11 do showlivre.com na TV Cultura teve música para dançar
++Ep10 do showlivre.com levou música visceral para a TV Cultura

++A primavera do amor tomou conta do ep09 do showlivre.com na TV Cultura

++Ep08 apresenta artistas influenciados pelo brega

++showlivre.com comemora aniversário no ep07 da TV Cultura

++Ep06 leva nonsense e gêneros musicais variados para o showlivre.com na TV Cultura

++Black music é destaque do ep05 do showlivre.com na Cultura

++Ep04 mostra carreiras registradas pelo showlivre.com

++Ep03 mostra artistas dos quatro cantos do mundo
++No programa showlivre.com, influências e o legado do Manguebeat, destaques do ep02
++As duplas de todos os gêneros no ep01 do showlivre.com na Cultura