Karen Dió lança clipe de “Falling into the depths”

Cantora e compositora santista lança clipe, faixa do seu EP com lançamento previsto para o segundo semestre.

Uma jovem velha conhecida da cena do rock paulista, Karen Dió mostrou sua vocação pra música inicialmente com a banda Rocka – que inclusive participou de uma edição do ShowlivreDay-, fez parte da Awaking the Crowd (hoje Against the Crown) e agora parte em carreira solo, já com EP e mais lançamentos programados.

A nova faixa do seu futuro EP é uma balada acústica, vídeo delicado em PB e com um refrão grudento. Um contraste em relação ao seu primeiro single, “Passive agressive”, mais pesada e com influências claras dos seus trabalhos mais #porradaria e recentes.

Karen descreveu processo de composição da faixa assim: “Eu estava com esse sentimento de “deslocada” muito forte depois que voltei da Inglaterra. Muita coisa mudou e eu deixei uma grande parte de mim lá. Era 2h da manhã de algum dia de semana, eu peguei o violão fui para a cozinha, para não incomodar ninguém, e compus a música toda em um piscar de olhos.”

Confira o belo clipe de “Falling into the depths”

Direção de Velô Velô (www.velovelo.com.br)
Para download da faixa, aqui

Karen Dió
– Facebook: https://www.facebook.com/karendioxx
– Twitter:
– Instagram:
– Tumblr:

++ “Passive agressive” da Karen Dió

Agendão de shows – 31/jul a 06/ago

Rap, jazz e pop rock estão na agenda de shows da semana

A redação e os embaixadores do Showlivre prepararam uma seleção de shows que vão rolar na próxima semana. Se liga!

Festa “Zamba Bem” @ Audio Club SP
O evento promovido pela PUNCH vai contar com os shows do grupo Fundo de Quintal, Banda Glória, além de DJs tocando o melhor do samba.
31/07/15 – 22h
Audio Club SP
Av. Francisco Matarazzo, 694 – Água Branca, São Paulo
R$40 a R$110
http://www.audiosp.com.br/

Rico Dalasam @ Superloft
O rapper Rico Dalasam comemora seu aniversário no complexo cultural Superloft numa festa apenas para convidados. O evento, que conta com Rincon Rincon Sapiência, Tassia Reis, Xênia França, Carol de Souza e 5 pra 1 no palco com o rapper, promete ainda mais convidados surpresa.
31/07/15 – 23h
Superloft
Rua Cardeal Arcoverde, 2926 – Pinheiros
Evento somente para convidados com nome na lista: vip@partyhardsp.com.br
https://www.facebook.com/events/778567512263968/

Jay Vaquer @ Jay Vaquer
O espetáculo do carioca, em formato intitulado de porradaria frenética, conta com os maiores sucessos presentes em seus 6 discos de estúdio. Já a cantora, ex-vocalista da banda Luxúria, mostra novas canções de seu projeto solo, além de hits de seu antigo grupo.
31/07/15 – 19h
Teatro Mars
Rua João Passalacqua, 80 – Bela Vista – São Paulo – SP
R$60 a R$120
https://www.facebook.com/events/1483741725252152/

Jacque @jjacquef indica:
Rael @ Sesc Osasco
O rapper e compositor Rael vem ao Sesc Osasco mostrar canções de seu novo EP, ‘’Diversoficando’’.
Lançado em 2014, ‘Diversoficando’ reúne cinco faixas, as letras trazem mensagens de superação, além de mostrar duas realidades da periferia conhece: a batida policial e o preconceito.
31/07/15 – 20h
Sesc Osasco
Avenida Sport Club Corinthians Paulista, 1.300, Jardim das Flores – Osasco
R$6 a R$20
http://www.sescsp.org.br/unidades/69_OSASCO

Luiz Melodia @ Sesc Pompeia
Nascido no Estácio, Luiz Melodia desceu cedo o morro de São Carlos trazendo inquietude e um indiscutível talento para lidar com diversos ritmos. Aos 21 anos, o garoto carioca já tinha suas composições imortalizadas por Gal Costa e Maria Betânia. Quarenta anos e muitos sucessos depois, Melodia apresenta um show com repertório exclusivo que remonta sua formação como cantor e artista de sucesso, além de contextualizar cada canção e sua importância na sua trajetória.
31/07/15 – 21h
01/08/15 – 21h
02/08/15 – 19h
Sesc Pompeia
Rua Clélia, 93, Pompeia SAO PAULO
R$15 a R$50
http://www.sescsp.org.br/unidades/11_POMPEIA#/content=programacao

Marina Araujo @maahmusic e Ana Carolina Valladares @Anna_Valladares indicam:
The Maine @ Carioca Club
Eles estão voltado para o Brasil com uma nova turnê. Banda The Maine se apresenta no dia 01 e 02 de Agosto no carioca Club com seu novo álbum.
01/08/15 – 17h30
Carioca Club
Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – São Paulo / SP
R$40 a R$80
http://web.cariocaclub.com.br/index.php

Jacque @jjacquef e Ana Carolina Valladares @Anna_Valladares indicam:
Esteban @ Teatro Mars
Primeiro show oficial de lançamento do CD intitulado como “Saca la muerte de tu vida”, realizado com a banda completa.
01/08/15 – 19h
Teatro Mars
Rua João Passalacqua,80 – Bela Vista
R$40 a R$150
http://www.teatromars.com.br/index.asp

Jacque @jjacquef indica:
Supercombo @ Cão Pererê
A banda decide passar pelo interior de SP para matar a saudade dos fãs e também continuar divulgando o CD “Amianto”.
01/08/15 – 23h
Cão Pererê
Avenida Alcides Lajes Magalhães, 38 – Jardim Acapulco
R$25
https://pt-br.facebook.com/caoperere2

Ana Carolina Valladares @Anna_Valladares indica:
Galpão 575 @ Igreja Bíblica da Paz
Um ministério de jovens que crê em Jesus, ama a Deus e as pessoas. Inspirando a mudança, e encorajando o desafio de viver em cor, de viver na luz. Diferente de tudo o que você já viu, cola lá que o lugar é style, sábado com a Banda Galpão575 e Pr Wesley Rebustini e Karen Rebustini.
01/08/15 – 19h
Igreja Bíblica da Paz
Rua Dona Santa Veloso, 575. Vila Guilherme
Gratuito
http://biblicadapaz.org.br/ibp/

Grave Mundial @ Neu Club
O Neu Club apresenta a edição especial da Grave Mundial, a festa é totalmente dedicada aos batidões globais. Os DJ’s Dago Donato, Viní, Lord Breu e os Irmãos Coragem vão fazer o publico dançar ao som dedancehall, soca, kuduro, afro house, zouk bass, cumbia digital, baile funk, tribal guarachero, kwaito, reggaeton e outros estilos dançantes feitos nas periferias do mundo.
02/08/15 – 16h
Neu Club
Rua Dona Germaine Burchard, 421 – São Paulo – SP
Gratuito
www.neuclub.com.br

Maah Music @maahmusic indica:
Duda Brack @ Tom Jazz
O show em São Paulo celebra o lançamento do CD físico (à venda apenas nos shows), e é rota da turnê que já passou por Porto Alegre (a convite do projeto Quinta Acústica, no Ocidente) e pelo Rio de Janeiro (a convite do projeto Levada 2015, no Oi Futuro), com lotação esgotada. A linguagem musical híbrida e original, derivada da recombinação entre divergentes estilos, resulta em uma mistura de MPB e Indie Rock, que, embora assuma densidades sonoras e temáticas, resulta num show POP e dançante.
04/08/15 – 21h
Tom Jazz
Av. Angélica, 2331 – Higienópolis – São Paulo/SP
R$40
https://www.facebook.com/casatomjazz?fref=ts

Ana Carolina Valladares @Anna_Valladares indica:
Gui Rebustini @ Igreja Bíblica da Paz
Amor em Movimento com o cantor Gui Rebustini, entrada gratuita e ótima oportunidade de conhecer várias pessoas legais.
04/08/15 – 20h
Igreja Bíblica da Paz
Rua Dona Santa Veloso, 575. Vila Guilherme
Gratuito
http://biblicadapaz.org.br/ibp/

Maah Music @maahmusic indica:
The Dollar Bills @ Kabul Bar
Formada em 2012, a banda The Dollar Bills começou fazendo releituras de grandes clássicos do R&B, blues, soul e funk com forte influência dos anos 50 e 60. Fernanda Peviani (voz), Guilherme Momesso (baixo), Patrick Maia (bateria) e Sergio Castelani (guitarra), com o auxilio luxuoso de um teclado e um trio de metais, já tocaram muito por São Paulo, lançaram o EP “The Pocket Sessions” em 2013 e recentemente o sofisticado “The Round Sessions”, um pocket show disponível no YouTube com releituras das músicas preferidas da banda.
06/08/15 – 22h
Kabul Bar
Rua Pedro Taques, 128 – Consolação – São Paulo
R$15
https://www.facebook.com/KabulBar?fref=ts

Kenny Garrett @ Sesc Pompeia
Nascido em 1960, em Detroit, o saxofonista acumula discografia com mais de 15 discos como bandleader e outra dezena como sideman de nomes como Art Blakey, Miles Davis e Marcus Miller.
06/08/15- 21h30
Sesc Pompeia
Rua Clélia, 93, Pompeia SAO PAULO
R$18 a R$60
http://www.sescsp.org.br/unidades/11_POMPEIA#/content=programacao

Garota Suecas lança single “Me Erra”

Single da banda Garotas Suecas antecipa novo EP

Prestes a completar 10 anos de banda, o Garotas Suecas prepara um novo EP e antecipa o que está por vir com o single de “Me erra”.

A balada traz Irina Bertolucci nos vocais e teclados, apontado uma volta do grupo ao seu primeiro registro musical, “Hey, Hey Hey, São Os Garotas Suecas”, lançado em 2006 e já apontando os caminhos de uma nova formação musical.

“Me erra” é uma composição de Fernando Perdido, que gravou o baixo e vocais, Nico Paoliello na bateria e vocais e Tomaz Paoliello na guitarra. A faixa tem a participação especial de Fabio Pinczowski nos vocais, Matheus Prando na percussão, Anderson Quevedo no sax alto, Daniel Nogueira no sax tenor e Filipe Nader no sax barítono. A produção da faixa é de Fabio Piczowski, gravada no estúdio 12 Dólares.

++ Garotas Suecas no Estúdio Showlivre

“Enquanto eu puder”, novo clipe da Depois do Fim

Novo clipe e música da Depois do Fim transborda amor e carinho

Direção, Edição e Finalização: Re Ottoni
Produção: Re Ottoni e Depois do Fim
Fotografia : Paul Domingos
Make : Ariana Fernandes
Gravado no Estudio 70

Ficha Técnica da Música:
Banda: Depois do Fim
Música: Enquanto eu Puder
Autor: Gabih Guedes, Jess Camacho, Vanessa Dias, Evy Favoretto
EP: Single
Ano: 2015
Gravação e mixagem: Midas Studios (Giu Daga)
Masterização: Lampadinha

++ Depois do Fim no Estúdio Showlivre

GPSdoXi: Nina Oliveira

Sem disco nem clipe, mas um talento descoberto pelo Xi e o Josué (Brasileiríssimos)

Fala Xi:
Numa troca de papos sobre talentos da música brasileira dia desses com o Josué, um dos fundadores da importantíssima página Brasileiríssimos, ele me apresentou uma jovem de voz forte, fofa e com um claro tanto musical que se estendeu da voz para o violão, das composições para a beleza.

Nina Oliveira, uma jovem de 19 anos e uma vivencia surpreendente me pegou. Está claro que ela não é alguém para ser apenas mais uma cantora de mpb. Em vídeos no Youtube é fácil descobrir influencias afro, samba, rap e pitadas de bossa e tudo de bom feito pelos intelectuais musicais brasileiros da década de 70.

E parece que não sou somente eu que acho isso. Mesmo sem nenhum disco lançado, clipe, assinatura com gravadora ou participação especial, a jovem já tem 17 mil fãs no Facebook seguindo atentamente seus passos – que no momento só podem ser vistos em vídeos e mais nada.

No momento, a mocinha de Guarulhos se prepara para juntar dinheiro e trabalhar um ep autoral. Uma campanha na Kickante, parceira da Showlivre, tenta arrecadar 15 mil reais para concretizar um trabalho profissional da moça. Para ajudar, basta clicar neste link.

+ da Nina Oliveira
Facebook
YouTube
Campanha na Kickante

++ Marcos Xi

Marcos Xi é criador e editor-chefe do site RockinPress, colunista do Showlivre, ex-colunista do portal de vendas online Submarino e faz/fez matérias especiais para vários grandes meios culturais brasileiros, incluindo NME, SWU, Noize, Scream & Yell, youPIX e os maiores blogs musicais do país. Atua como assessor de imprensa e conselheiro de carreira na Agência Estrondo, criada pelo próprio ao lado do produtor Eduardo Araújo, profissionalizando artistas de todo o país, direcionando-os corretamente dentro da cena independente.

Concorreu a diversas premiações de expressão nacional, como os prêmios da Multishow (por dois anos, ganhando um com a Banda Tereza), da Música Brasileira (concorrendo por três anos consecutivos, com Phillip Long) e Dynamite (concorrendo com o RockinPress por três anos, clientes da Estrondo e a própria agência, e ganhando um com a Maglore). É especializado em profissionalização de artistas independentes e divulgação de material, sendo inclusive debatedor em mesas técnicas sobre o assunto na Universidade Federal Fluminense (RJ) e no Festival Transborda (MG).

Informalmente, Marcos é músico multi-instrumentista, DJ e viajante. Atua com música como paixão, hobbie e profissão, tudo ao mesmo tempo e sem parar. Em 2015 estreia o projeto Os Colunáveis ao lado de personalidades temáticas em um formato inédito.

> Rockinpress
> Twitter do Marcos Xi

showlivre.com estréia programa semanal na TV Cultura em agosto

Canal de música pioneiro na web ganha nova tela a partir de agosto

No sábado, dia 8 de agosto, às 23h, o showlivre.com chega a TV aberta. Um canal de música pioneiro na web, desde o ano 2000 ele registra em vídeo a música que está acontecendo no país. Agora, o showlivre.com estreia na TV Cultura com a missão de levar para a telona não só a sua própria produção, mas também dar voz a produtores talentosos e a vários olhares diferentes sobre a música.

Idealizado e dirigido por Walter Abreu e conduzido de maneira leve e bem-humorada pelo músico Clemente Nascimento (Inocentes/Plebe Rude) e pelo jornalista João Vicente Seno, o programa aborda um tema a cada edição. Nos primeiros episódios, o manguebeat, a nova cena do rap brasileiro e as duplas musicais que estão fora do universo sertanejo fazem a estréia do programa. Os tópicos servem como fio condutor para exibir apresentações registradas no showlivre.com . São mais de 15 mil vídeos já produzidos e vários outros produzidos semanalmente ao vivo na Internet e disponíveis em um canal no Youtube com 300 mil inscritos e 300 milhões de videoviews.

Além de apresentar material próprio, o programa tem a ambição de ser uma produção coletiva, um verdadeiro hub de música que chega à TV. Assim, abre espaço para que produtores de conteúdo audiovisual participem dos episódios; um retrato dos diversos caminhos da nova música brasileira.

showlivre.com:
Nascido no ano 2000, o showlivre.com teve início ambicioso, ao transmitir grandes shows via web em uma era anterior à banda larga. O passo seguinte foi tornar-se um produtor de conteúdo exclusivo. Em 2004, já tinha seu primeiro programa de entrevistas, intitulado Pé Na Porta, e fazia sua primeira transmissão ao vivo a partir de estúdio próprio – com a presença da cantora Pitty – no Estúdio Showlivre.

Acompanhando a evolução da internet, o showlivre.com foi produtor de conteúdo para diversos portais; desenvolveu vários programas; contou com vários colaboradores; e acompanhou a trajetória de grupos musicais desde seu tenro início. Enfim, se estabeleceu como um site independente e, hoje, é parada obrigatória para artistas de todos os gêneros e popularidades.

A partir dos seus estúdios, semanalmente, produz uma média de cinco edições do Estúdio Showlivre. Os programas são transmitidos ao vivo, durante uma hora, na qual artistas tocam 10 canções e interagem com o público respondendo perguntas ao vivo.

Agora, o showlivre.com dá continuidade à sua trajetória e quer levar ao extremo sua vocação como destino de música multitela. Está na web, no smartphone e, agora, na TV. Esse novo passo vem acompanhado seu maior desafio: consolidar-se como um hub de produtores de conteúdo de música no Brasil.

Serviço:
Estréia do programa showlivre.com
TV Cultura
Sábado, 8 de agosto de 2015, 23h
Apresentação: Clemente Nascimento e João Vicente Seno
Direção Geral: Walter Abreu

TV Cultura exibe tributo a Inezita Barroso com mais de 50 artistas

Gravado na Sala São Paulo, especial conta com as participações de Ivan Lins, Renato Teixeira, Renato Borghetti e Coral USP.

No dia 8 de junho, três meses após seu falecimento, Inezita Barroso foi reverenciada por mais de 50 artistas e por centenas de fãs, amigos e familiares no tributo Inezita – Quanta Saudade Você Me Traz, realizado pela TV Cultura na Sala São Paulo. Este especial inédito, com duas horas e meia de duração, será levado ao ar pela emissora no próximo domingo, dia 2 de agosto, às 21h.

Dezenas de artistas estão no programa, entre eles, Ivan Lins, Renato Teixeira, Renato Borghetti, Rick Sollo, Mococa e Paraíso, Lourenço e Lourival, Irmãs Barbosa, Divino e Donizeti, João Mulato e Douradinho, Pereira da Viola, Roberto Corrêa, Braz da Viola, Paulo Freire, Neymar Dias, Toninho Ferragutti, Bia Goes, Arismar Espírito Santo, Léa Freire e o Coral USP.
A maioria dos artistas é acompanhada pelo Regional Viola, Minha Viola, com Joãozinho (violão), Arnaldo Freitas (viola caipira), Leandro Madeira (baixo), Escurinho (percussão) e os convidados Maestro Marinho (sanfona) e Márcio (percussão). Eles formaram o grupo que esteve ao lado de Inezita nos últimos anos no programa da TV Cultura. O CoralUSP também participa de três momentos do espetáculo com cerca de 30 integrantes.

O repertório do tributo reflete a vasta obra de Inezita. Os convidados interpretam clássicos de seu cancioneiro e também algumas canções prediletas dos colegas. Ivan Lins canta com o parceiro Rafael Altério a música “Bandeira do Divino”, usada como referência pela artista em suas aulas de violão e canto. O instrumentista Renato Borghetti toca “Laçador”. Renato Teixeira traz composições preferidas de Inezita, como “Tocando em frente”. Ao final, todos os músicos entoam o clássico “Lampião de gás”.

Nas pesquisas para a produção do especial junto ao acervo de Inezita Barroso, foram recuperados e digitalizados documentos manuscritos por ela mesma para ajuda a contar sua história. O material, animado com recursos de computação gráfica, foi projetado no telão da Sala São Paulo com a narração da voz da neta de Inezita, Paula Maia.

Marcado por muita emoção, o evento traça a história da cantora e apresentadora, com a presença da filha Marta, das netas Paula e Cristina, além de sobrinhos e bisnetos. O roteiro contempla diversas facetas do legado de Inezita, incluindo a fase como musa da música folclórica na década de 1950 e 1960, sua atuação como professora, sua paixão pelos arranjos sofisticados e sua persistência em gravar a música raiz de todas as regiões brasileiras.

Inezita Barroso é celebrada não somente por sua vasta obra como intérprete, mas por ser uma das espinhas dorsais da música brasileira, como pesquisadora e divulgadora da música folclórica, de raiz e regional. A cantora faleceu no dia 08 de março de 2015, Dia Internacional da Mulher, e apenas quatro dias depois de ter completado 90 anos de vida. Esteve à frente do Viola, Minha Viola, da TV Cultura, por 34 anos, o mais antigo programa de música da TV brasileira.

#Toca-discos: Tina Turner

Carol Pardini disseca um dos álbuns mais vendidos da ícone Tina Turner

Nosso destaque de hoje tem pernas torneadas, cabelão único, bocão e uma voz marcante. Já descobriu quem é? Claro, é a Anna Mae Bullock nossa amiga do coração. Tá bom, eu sempre quis começar a coluna fazendo uma introdução “PÁ” incrível com um nome de batismo de alguém. Mas o oraculo showlivriano já me dedurou e vou falar dela, Tina Turner.

Antes de existir qualquer diva, musa, ou estrela do pop Deus criou a Tina Turner. Pra mim está mujer é sensacional, quem faria Mad Max e cantaria como uma deusa (opa essa é de outra cantora) “We Don`t Need Another Hero” com tanta expressão e força??!! No fundo eu bem acho que, na verdade, ela não é desse mundo não. Obviamente que não sou amiga dela (ela é minha, como disse no inicio) , mas a mesma me acompanhou em várias dores de cotovelo, choros de cantinho e dancinhas sensuais (opa, informação demais, pulemos essa parte)

Foi uma saga pra mim escolher um álbum dela, primeiro porque infelizmente eu não tenho nenhum LP físico dela (se alguém quiser me dar um de presente, estou super topando) mas eu sabia que ela seria a primeira mulher que eu falaria aqui.

Falar de Private Dancer foi uma escolha certeira, apesar de eu ser extremamente apaixonada por Proud Mary, esse álbum de 1984 é o que mais me vem a memoria. Até hoje acho uma das capas mais simples porém repletas de simbologias, como o gato preto, o batom vermelho, a forma como ela está sentada, tudo isso remente a imagem que eu tenho da tal “Private Dancer” bem misteriosa, porém sexy.

Bora falar desta belezura que é Private Dancer um álbum solo da cantora-deusa-diva maravilhosa, o quinto de estúdio. O sucesso de Tina com o álbum veio após a severa mudança em sua vida, depois do divórcio com Ike Turner – tem um filme para a TV sobre a historia deles que vale a pena conferir. O disco foi lançado em 29 de Maio de 1984. Só nos Estados Unidos, Tina vendeu mais 250 mil cópias por semana nos dois primeiros meses.

Enquanto o Brasil se contagiava pelas “Diretas Já”, Michael Jackson virava, de fato, o Rei do Pop e a Índia vivia um ano temeroso, o álbum que Tina acabara de lançar não só foi sucesso nos Estados Unidos mas no mundo inteiro. Nos EUA, mais de 5 milhões de cópias foram vendidas e renderam a Tina 5 discos de platina. Nos primeiros meses, contabilizou entre 10 e 11 milhões de cópias mas no total, foram mais de 20 milhões de cópias vendidas, fazendo de Private Dancer o maior sucesso solo de Tina Turner.

O álbum produziu um grande número de sucessos que chegaram ao top das paradas, como “What’s Love Got to Do with It” (uma das minha favoritas), que ficou na primeira posição durante 3 semanas nos EUA. No Grammy Awards de 1985, Private Dancer ganhou quatro prêmios das seis indicações.

Este álbum é tão importante que está na lista dos 100 maiores álbuns de todos os tempos da VH1, ou seja, você precisa parar para escutar.

Uma curiosidade que vale falar sobre é que quando chamada para cantar “Private Dancer” foi pedido que Tina trocasse a frase “American Express will do nicely, thank you” (“American Express dá muito certo, obrigada”) para “A few pounds sterling” (“Algumas libras esterlinas”) para uma performance no programa Top of the Pops da BBC, que tinha uma política bem dura de banir marcas (olha o medo do processo!).

Mas, com certeza o fato mais marcantes é que Mark Knopfler, escreveu a música título deste álbum, originalmente para o Dire Straits (banda que ele fazia parte) pro álbum Love over Gold de 1982. Entretanto, Knopfler decidiu não gravar os vocais enquanto a música estava sendo gravada, por ter percebido que não era cabível a um homem tratar de temas como prostituição, ambições e sonhos de uma prostituta (oie??). Devido à razões legais, a gravação original sem os vocais não podia ser utilizada, então depois de dois anos, a canção foi refeita pelo Dire Straits para Turner. Todos os membros do grupo, com exceção de Knopfler, que estava gravando com Bryan Ferry, participaram da regravação de “Private Dancer”. O guitarrista foi substituído por Jeff Beck, naquele que Knopfler considera o “segundo solo de guitarra mais feio”. Eu queria saber qual será o pior solo de guitarra na opinião do Mark, mas isso fica pra outro dia.

Tracklist:
“I Might Have Been Queen” (Rupert Hine, Jeanette Obstoj, Jamie West-Oram) – 4:10
“What`s Love Got to Do With It” (Terry Britten, Graham Lyle) – 3:49
“Show Some Respect” (Britten, Sue Shifrin) – 3:18
“I Can’t Stand The Rain” (Don Bryant, Bernard Miller, Ann Peebles) – 3:41
“Private Dancer” (Mark Knopfler) – 7:11
“Let’s Stay Together”(Al Green, Al Jackson, Jr.,Willie Mitchell) – 5:16
“Better Be Good To Me” (Mike Chapman, Nicky Chinn, Holly Knight) – 5:10
“Steel Claw” (Paul Brady) – 3:48
“Help!” (John Lennon,Paul McCartney) – 4:30
“1984” (David Bowie) – 3:09

++A nossa querida Carol Pardini

Jornalista, produtora de canais de YouTube, metida a critica musical, webwritter,apaixonada pela vida ,que faz palavras cruzadas e cozinha para desestressar.

Twitter da Carol

Mahmed lança clipe de “AaaaAAAaAaAaA”

Clipe da banda potiguar tem participação de idosos do Lar Vila Vicentina Júlia Freire

Realização: Recheio Digital
Gerente de projetos: Bianca Lombardi
Coordenação geral: Daniela Cucchiarelli
Direção e roteiro: Pedro Galiza
Ilustrações: Flavio Grão
Direção de fotografia: Airlan Silva
Direção de arte e figurino: Adriany Nascimento
Produção: Castanhola
Direção de produção: Carine Fiuza (Uhoo! Filmes) e Drica Soares (Carambola Produções)

++Mahmed no Estúdio Showlivre

+Música by Maah Music: Cássia Novello, Flaira Ferro, Jamie Lawson e Junior Dreadd

Semana recheada de boas sugestões de clipes da Maah

Cássia Novello / Twitter: @cassianovello
Tenho uma paixão pela cantora Cássia Novella desde do dia em que conheci o trabalho dela. Descobri na internet mesmo, via twitter, naquelas fuçadas básicas que a gente dá para achar algum artista incrível, e foi assim que virei fã da cantora Cássia. A cantora e compositora carioca Cássia Novello lançou o videoclipe para a faixa-título de seu disco de estreia, Noturna (Independente, 2013). No vídeo, a cantora se transforma em noite – tema predominante na produção autoral da artista – através de progressivas intervenções de cor e luz feitas em sua pele. A maquiagem artística bem como a direção de fotografia do vídeo ficaram por conta do fotógrafo e criador do Projeto Neon, Hid Saib. A estética do Projeto Neon foi determinante para o efeito hipnótico do videoclipe em que Cássia interpreta sua canção com o rosto fixo no breu, como um astro no espaço. A direção do vídeo foi feita por Fernando Duarte e produção por TDG Produções e Eventos.

Flaira Ferro
Considero a cantora Flaira Ferro uma artista completa. A pernambucana Flaira é, antes de tudo, uma artista. Com a carreira consolidada como bailarina, utiliza a arte como forma de expressão e auto-conhecimento. A cantora lançou recentemente o álbum de estreia “Cordões Umbilicais”. Agora Flaira lança um clipe, no qual pode, de alguma forma, unir música e dança. Escolheu a canção “Lafalafa”, para inspirar esse primeiro vídeo que foi gravado em junho de 2015, entre as ruas de São Paulo e o Instituto Brincante, espaço onde atua como artista e professora. O projeto conta com fotografia de Martin Buzolin e direção da cineasta Patrícia Black. Vamos parar de lero lero e curtir o novo clipe da cantora.

Jamie Lawson / Twitter: @jamielawsonuk
Conheci o músico e compositor Jamie Lawson através do cantor Ed Sheeran. Jamie vai lançar um novo álbum em outubro, mas para matar a curiosidade de todos os fãs ele acabou de lançar um clipe do seu single “Wasn’t Expecting That” , essa música é uma das mais especiais do seu novo álbum, sempre que o músico escuta ele chora, realmente a música é muito linda. Dá o play e ouça agora:

Junior Dread / Twitter: @juniordread
Hoje minhas dicas estão bem variadas né? Pois é moçada, vamos agora conferir a novidades do músico Junior Dread. Palavras são poder. E disso Junior Dread não tem dúvida. O reggaeman nascido na Vila Guilherme, Zona Norte de São Paulo, se prepara para lançar o primeiro disco-solo da carreira. Com esse “mantra” na cabeça, ele tem a intenção de mesclar músicas e letras capazes de gerar energia positiva. Enquanto o álbum não chega (a previsão é outubro de 2015), o cantor e compositor se prepara para registrar o clipe da faixa-título “Saiba Viver”. Dá o play e curta a participação do músico no programa do Danilo Gentili no The Noite.


Falae Maah!

Sou conhecida como Maah Music! Sou viciada em música e, hoje em dia, ela é como respirar pra mim. Não importa qual show é, eu sempre estou lá na frente do palco, pelo meu vício e minha necessidade de ouvir música; música só de qualidade!

+da Maah Music
Blog
Facebook
Twitter
Instagram
Soundcloud