9ª Mostra Piauí Sampa acontece no Shopping Eldorado

Mostra leva música e danças típicas do estado à capital paulista

A 9ª Mostra Piauí Sampa acontece de 5 a 11 de agosto, no Shopping Eldorado, em São Paulo. O evento contará com música e danças típicas do estado, com os grupos Folia de Mamulengo, Vaqueiro Jeová e Therê Groove, que se apresentarão durante os horários de almoço e nos fins de tarde. Além dos grupos, o visitante encontrará informações sobre turismo, gastronomia, artesanato, joias, moda, decoração e agronegócios do Piauí.

Saiba mais no site oficial do evento e pelos perfis no Facebook e no Twitter.

Serviço
Local: Shopping Eldorado – Átrio Pinheiros (Térreo) e Praça de Eventos (1º Piso)
Endereço: Av. Rebouças, 3970 – São Paulo – SP
Data: 5 a 11 de agosto de 2013
Ingressos: entrada gratuita – aberto ao público no horário do shopping.

Péricles grava novo DVD

Sambista apresentou-se na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro, para gravação de seu segundo DVD solo

Com casa cheia, Péricles esteve na última sexta-feira 26 na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro, para a apresentação de 24 faixas, 14 delas inéditas, que devem integrar seu segundo DVD solo.

O show teve participação de Xande de Pilares, que cantou “Êta amor”, e da sambista Ana Clara, em “Nossos planos”, composição dos parceiros Thiaguinho e Rodriguinho. San, do grupo Sambô, interpretou “Segura o samba” e Mumuzinho apresentou sua composição “Baratinado”.

Enquanto o lançamento não chega, confira as passagens de Péricles pelo Estúdio Showlivre.

Foto: Marcos Hermes.

Cícero anuncia participações de seu novo disco

Álbum intitulado Sábado deve ser lançado em agosto, com participações de Marcelo Camelo e Silva

Se, na canção “Ponto cego”, Cícero celebrava a sexta-feira no refrão, seu segundo disco, Sábado, poderia ser uma ode ao próximo dia da semana. A opção faria sentido, uma vez que o compositor carioca caminha em sentido ascendente após o disco Canções de Apartamento (2011), que o fez angariar elogios de uma variedade de artistas, dentre eles Marisa Monte, Lenine, Paulinho Moska, Maria Gadú e Marcelo Camelo.

Seu primeiro disco passou de 100 mil downloads no primeiro mês de lançamento. Seus clipes juntos passam a marca de 1 milhão de visualizações no Youtube, e as várias páginas criadas no Facebook para o compositor ultrapassam 100 mil likes.

Seguindo os passos trilhados por seu primeiro disco, Cícero fez as novas gravações em estúdios caseiros, disponibilizará as músicas para download gratuito e toca todos os instrumentos. Porém, contou com as participações de Marcelo Camelo (que toca bateria e baixo), do músico capixaba Silva, Uirá Bueno (da banda Canastra), Bruno Giorgi (filho do músico Lenine), Mahmundi e Luiza Mayall.

Sábado foi produzido pelo próprio Cícero, por Bruno Schulz (que também participou da produção do primeiro disco) e por Bruno Giorgi, que também assina a mixagem. A masterização ficou por conta de Felipe Tichauer, ganhador do Grammy, que masterizou, entre outros, os trabalhos mais recentes de Céu, Curumin, Marcelo Camelo e Wado.

O disco, com 10 faixas, tem previsão de lançamento para agosto desse ano. Enquanto não chega, confira a bela passagem do compositor pelo Estúdio Showlivre.

Rashid no Estúdio Showlivre

#HojeTem MC Rashid ao vivo no Estúdio Showlivre a partir das 16h

Rashid apresenta-se no Estúdio Showlivre, ao vivo, dia 30 de julho, a partir das 16h.

Figura conhecida do showlivre.com, o rapper traz desta vez um novo single, que ganhará clipe muito em breve e será faixa integrante de sua nova mixtape, ainda sem previsão de lançamento.

Para assistir ao programa online, é só acessar http://showlivre.com/aovivo. Depois os vídeos são editados e você pode assistir quando quiser aqui no showlivre.com.

Para enviar perguntas ou recados, é só ir no twitter @Showlivre e nós fazemos! Se você não estiver aguentando de curiosidade, confira a passagem de som duas horas antes da transmissão no http://showlivre.com/aovivo.

Serviço
Rashid no Estúdio Showlivre
Data: Terça-feira, 30/07/13
Hora: 16h
Onde ver: http://showlivre.com/aovivo
Perguntas e recados: @Showlivre

MV Bill em entrevista exclusiva

Rapper falou sobre o novo disco, Monstrão, e o olhar que tem sobre si mesmo

MV Bill acaba de lançar seu sexto disco, Monstrão, gravado entre o final de 2012 e primeiro trimestre de 2013. A obra contém nove faixas, disponibilizadas hoje em seu canal oficial no YouTube. A redação do showlivre.com bateu um papo via telefone com o rapper que, com atenção e simpatia, falou sobre a gravação do disco, as participações, as letras e as próximas novidades.

Ainda que coeso em sua sonoridade, Monstrão teve a contribuição de cinco produtores diferentes. André Laudz, DJ Caique, Gug, DJ Luciano SP e DJ Nyack foram os responsáveis pelas bases, em uma busca de variedade empreendida por MV Bill: “Eu quis trazer, em poucas músicas, uma viagem diversificada. São caras de lugares diferentes, com formas diferentes de trabalhar. Ainda que três sejam de São Paulo, são caras de regiões diferentes da cidade. O Caíque, que é da zona norte, é especialista em misturar rap com trilha sonora de filmes antigos. O Luciano é do extremo da zona leste, mistura rap com MPB”.

Dentre as vozes femininas presentes em Monstrão, estão Kmila CDD, irmã do rapper, que participa de quase todas as faixas, e Maíra Freitas, filha do sambista Martinho da Vila, em “O soldado que fica” – segundo MV Bill, “uma das músicas mais emblemáticas do disco”. Na canção “Pra jogo”, além de Kmila CDD, estão os representantes da nova geração RAPadura Xique-Chico e Projota, que cantam uma metáfora entre modalidades esportivas e a vida. De acordo com o rapper: “Foram duas gerações se encontrando. Eu quis chamar jovens com quem me identifico. O RAPadura é um dos caras mais legais que apareceu nos últimos tempos. Ele não nega suas raízes. O Projota é um cara que não tem medo, vergonha, receio, preocupações com disputa social na hora de dizer suas influências. Foi o primeiro cara que falou publicamente que eu fui uma influência para ele”.

Quem ouve o disco pode sentir, além da crítica social característica do trabalho do rapper, letras que falam sobre o próprio MV Bill e questionam seu papel na sociedade. Perguntado se passa por um momento de olhar para si mesmo, ele diz: “Sim, existiu uma preocupação de olhar para dentro. Já estou trabalhando há muito tempo, nunca parei com turnê, sempre lancei um disco em cima do outro. Existe uma geração nova que talvez não conheça direito as coisas que eu já fiz. Então, algumas músicas do disco acabam dando um panorama de quem sou eu”. E isso acaba sendo uma preocupação em responder também aos críticos? Ele responde: “Acaba sendo uma resposta também. Às vezes é bom responder. Não que eu dava sair respondendo à qualquer provocação, mas há momentos em que é importante dar uma resposta à altura”.

Trabalhador incansável, MV Bill já prepara uma nova parceria literária ao lado de Celso Athayde, com quem trabalhou no aclamado documentário “Falcão – Meninos do Tráfico”, editado em livro e DVD. E, além de todas essas novidades, o programa que apresenta no Canal Brasil, O Bagulho é Doido, estreia sua nova temporada nesta sexta-feira, 2 de agosto. “É muito legal ser um homem multifacetado. Sempre procurei diversificar, tenho esse compromisso meu com o rap, mas gosto de poder surfar por outros campos”, ele atesta.

Os shows de lançamento do disco estão previstos para outubro, em São Paulo e no Rio de Janeiro, e devem contar com a presença de todos os colaboradores do disco. Enquanto não chega, confira a seguir Monstrão na íntegra.

Foto: Bob Wolfenson / divulgação.

3perguntas: Gepetto

Novo #3Perguntas pra uma banda que é destaque do nosso ShowlivreBUZZ, o pessoal de Salvador do Gepetto

1 – Quem são, o que fazem?

Meu nome é Carlos, eu sou o vocalista, guitarrista e compositor das músicas da Gepetto. Sou também Produtor Audivisual, dirigi, produzi, escrevi e editei os 2 vídeo clipes da banda, incluindo o de “Tentação”, que chegou a ir ao ar pela MTV Brasil. Também produzo a banda junto com Davi Mignac, telcladista e mestrando em Oceanografia. Alan Emanuel é o baterista e é estudante de Biologia e Arthur Presta, o baixista, é também Produtor Audiovisual.

2 – O que o Showlivre pode impulsionar a banda?

Conheci o Showlivre há algum tempo e sempre adorei esse formato de programa. Infelizmente, no Brasil não temos tantos programas musicais de qualidade, mas notei que o programa de vocês não apenas leva qualidade e profissionalismo, mas também, sabe escolher bem os artistas convidados. O showlivre pode impulsionar para a banda o que estamos a procura desde o início, levar nossa música para os que ainda não conhecem. Aqui na nossa cidade, em Salvador, nosso som é cada vez mais respeitado, porém o “clima” do público está voltado para o verão, para o Axé… No final das contas, ter nosso trabalho no Showlivre, um programa de São Paulo, com certeza seria uma ótima experiência porque estaríamos levando nossa música para um público que acreditamos ter mais a “cara” da banda.

3 – Quais os projetos pra 2013?

2013 é um ano decisivo para a Gepetto, desde o início da banda, procuramos trabalhar nas nossas músicas no sentido de que, basicamente, todo nosso repertório de show ao vivo é autoral. Estamos em fase de pré-produção do disco de estréia da banda que por sinal, já tem até nome, “Eros – Anteros”. O título é inspirado na mitologia grega, na inseparável e inevitável convivência caótica entre o amor e o ódio, representados pelos deuses Eros e Anteros. A nossa vontade é ter um álbum conceitual a la Pink Floyd (uma das influenciais principais de Davi Mignac).

Para o gravação do disco, vamos contar com a ajuda dos amigos e fãs já que muito em breve, iremos lançar nossa campanha de “Crowdfunding” para arrecadarmos recursos através do próprio público! É o nosso desafio do ano e acreditamos que uma participação no programa seria também, uma ótima oportunidade para divulgar essa campanha.

Gepetto
Formada em Abril de 2011 em Salvador, a proposta da banda sempre foi fazer um som, acima de tudo, sincero, com letras e melodias que buscam ilustrar a condição humana, as relações, os sentimentos e experiências.

Dentro desse universo intimista e passeando por influências musicais como Muse, Radiohead e Los Hermanos, a Gepetto chama a atenção do público por suas belas canções com guitarras com noise, teclados, sintetizadores e vocais em falsetes carregados de sentimento que criam uma sonoridade climática, intensa e melancólica.

A banda teve seu primeiro EP (uma edição limitada intitulada com o nome de uma das músicas, Ninfo) lançado no dia 31 de janeiro de 2012, juntamente com o video clipe da música “Tentação”, que já ultrapassa 11 mil visualizações no Youtube e foi apontado como um dos dez melhores clipes do Rock baiano de 2012, sendo também veiculado na MTV/BRZ.

Perfil no ShowlivreBUZZ

Afrika Bambaataa nos CEUs paulistanos

Lendário DJ norte-americano percorrerá seis Centros Educacionais Unificados de São Paulo

Durante os meses de julho e agosto, o lendário DJ norte-americano Afrika Bambaataa percorrerá seis Centros de Educacionais Unificados (CEUs) da cidade de São Paulo, com apresentações que reunirão intervenções de grafite, grupos de break, palestras sobre a cultura hip hop, shows com rappers brasileiros e DJs.

Realizado pela Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a ONG Zulu Nation Brasil, o evento vai receber reconhecidos artistas da cena hip-hop nacional. Rapin Hood, Thaíde, Back Spin Crew, Nelson Triunfo, Gaspar (Z’África Brazil) e Wapi Brasil são alguns dos rappers que farão parte da iniciativa.

A série de shows começa na segunda-feira 29, às 10h, no CEU Jaçanã. As apresentações são gratuitas, e os ingressos para o evento podem ser retirados na gestão dos CEUs.

Confira o cronograma das apresentações a seguir:

Data: 29/07/13
CEU JAÇANÃ
Horário: 10h
Convidados: Back Spin Crew, Sofia e DJ Magrão
Data: 30/07/13
CEU SÃO MATEUS
Horário: 18h
Convidados: Nelson Triunfo, Sharyleine e DJ Davi Frias

Data: 31/07/13
CEU ALVARENGA
Horário: 15h
Convidados: Rappin’Hood, MC Tábata, Tribunal Popular e DJ Magrão
Data: 06/08/13
CEU CAMPO LIMPO
Horário: 15h
Convidados: Gaspar (Z’África Brasil), Zumaluma, Amanda Negra Sim, Círculo Malmarin e DJ Tano
Data: 08/08/13
CEU VILA ATLÂNTICA
Horário: 18h
Convidados: Thaíde, Odisséia das Flores, Bonga da Grafitti, DJ Davi Frias
Data: 12/08/13
CEU INÁCIO MONTEIRO
Horário: 15h
Convidados: Wapi Brasil e convidados

Edu Lobo, Los Sebosos Postizos e Karol Conká em São Paulo

Artistas apresentam-se neste final de semana na capital paulista

O showlivre.com separou alguns destaques da programação dos próximos dias, para quem estiver na capital paulista.

Los Sebosos Postizos

Los Sebosos Postizos, projeto paralelo formado por integrantes do Nação Zumbi, se apresenta dia 26 de julho no Sesc Vila Mariana. No espetáculo, os músicos interpretam sucessos das décadas de 60 e 70 de Jorge Ben Jor. Composta por Jorge Du Peixe (vocal), Lúcio Maia (guitarra), Denge (baixo) e Pupilo (bateria), a banda recebe como convidados da noite Da Lua (percussão) e Chiquinho (teclados).

Serviço
Local: Sesc Vila Mariana
Endereço: Rua Pelotas, 141 – São Paulo – SP
Data: Sexta-feira, 26 de julho
Hora: 21h
Ingressos: R$ 6,00 a R$ 24,00
Site: www.sescsp.org.br

Edu Lobo

Nos dias 26, às 21h, 27, às 20h e 28, às 18h de julho, o Sesc Pinheiros receberá, no Teatro Paulo Autran, o cantor e compositor Edu Lobo, para shows que celebram a sua trajetória artística na música popular brasileira. Acompanhado da cantora Mônica Salmaso, o artista revive o repertório de canções feitas nas últimas 05 décadas. Entre elas: “Vento bravo”, “Coração cigano”, “Sobre todas as coisas”, “A história de Lili Brown”, entre outras.

Serviço
Local: Sesc Pinheiros
Endereço: Rua Paes Leme, 195 – São Paulo – SP
Data: 26, 27 e 28 de julho. (De sexta a domingo)
Hora: sexta, às 21h. Sábado, às 20h e domingo, às 18h
Ingressos: R$ 8,00 a R$ 32,00
Site: www.sescsp.org.br

Karol Conká

Os mais de 20 mil downloads em apenas uma semana são significativos: Karol Conká lançou um dos discos mais aguardados de 2013. Batuk Freak (Deck) vem sendo elogiado por apresentar um rap pesado e dançante, misturando ritmos regionais e batidas eletrônicas. O show de lançamento do álbum de estreia da curitibana será no dia 27 de julho, sábado às 21h30, na choperia do SESC Pompeia, em São Paulo.

Serviço
Local: Sesc Pompeia
Endereço: Rua Clélia, 93 – Pompeia – São Paulo – SP
Data: Sábado, 27 de julho
Horário: 21h30
Ingressos: R$ 4,00 a R$ 16,00
Site: www.sescsp.org.br

3perguntas: Sinaya

Nosso 3Perguntas foi respondido por uma banda de meninas do trash/death metal de SP. Curioso?

A banda de São Paulo Sinaya, formada em 2010 apenas por mulheres, responde nossas 3pergutas.

Fundada pela guitarrista Mylena Monaco, Atualmente a banda está finalizando o primeiro registro, o EP “Obscure Raids”, com 4 faixas carregadas de peso, fúria e energia, com letras fortes criando um clima de terror. Produzido, gravado, mixado e masterizado por Caio Angelloti, e com a arte doentia de Victor Angelloti, ambos da banda Cruscifire. Sinaya é uma banda de metal formada por Taty Kanazawa – vocal, Mylena Monaco e Yasmim Amaral – Guitarras, Isabela Moraes – bateria e Tamyris Leopoldo – baixo. Determinadas e focadas em fazer a diferença a cada lançamento e em cada show.

Conheça mais sobre essa banda de peso!

1) Como foi o processo de gravação do EP?
Gravamos 3 sons e uma introdução, ficou bem climático, um ar de terror, são sons com letras bem fortes, o que deu um diferencial na hora de gravar, por que não queríamos dar um ar de “moderno” na hora de masterizar. Ficou um ep simples, porém marcante. Gravamos no Undead Studio, dos irmãos Angelotti’s, o Caio Angelotti fez toda a gravação, edição, mixagem, e o Victor fez a arte. Gravar é sempre um desafio, e quando você escuta o que gravou, das duas uma, ou ama ou odeia… O Caio teve muita paciência, principalmente comigo por ser muito perfeccionista, o resultado foi bem satisfatório.

2) Vocês estão disponibilizando as músicas no youtube antes de lançar o ep físico, é alguma estratégia de marketing?
Não digo que seja “marketing”, no começo das composições liberamos dois de vídeos de ensaios na internet pra saber qual a repercussão e receptividade que teríamos, e foi GRANDE a receptividade. Assim que gravamos, decidimos que seria legal antes do lançamento físico, liberar essas duas faixas pra saber o que a galera ia achar do som, e até o momento foi só elogio e incentivo da parte dos ouvintes, a galera com ouvido mais apurado nos dão toques e dicas pra evoluir cada vez mais, sempre com muito elogio em seguida. Isso nos tem dado força pra continuar trabalhando nos sons e tem mostrado que estamos no caminho certo.

3) Faz diferença no meio do Trash/DeathMetal a banda ser composta apenas por mulheres? Há preconceito ou vocês sentem que existe alguns ”beneficios” e ”regalias” por conta disso. Quais os planos futuros e novidades estão por vir?

Há sim, hoje em dia parece que virou moda ter banda só de mulher. Sempre houve preconceito do tipo “se fossem um bando de homens tocando, ninguém ia dar a ”mínima”. Isso… não vou dizer q não é verdade, mas você tem que fazer por merecer, estudar, ser humilde de querer sempre evoluir e não sair tocando 4 acordes, sem nem saber afinar o próprio instrumento, montar uma banda com um monte de meninas, colocar uns decotes e sair pra tocar e conseqüentemente ouvir coisas do tipo… Eu uso decotes, não é por que toco metal que tenho que parecer um ogro, acho que vai da índole da pessoa, muitos tocam por status ou pelo “pacote” (vou ter uma banda pra sair pegando todo mundo), muitos querem viver de música, mas não querem viver PRA MUSICA, por isso muitas mulheres “aceitam” essas regalias e benefícios pra se promover, por que a maioria não conseguem se promover com o som que fazem.

Em breve vamos lançar o EP físico, estamos agendando varias datas pra show pra divulgação dos sons. Com o primeiro show que fizemos em São José dos Campos recebemos muitos elogios, a galera realmente pirou, então continuaremos tocando e logo entraremos em estúdio novamente pra fazer um álbum.

Contato: sinayaband@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/sinayametal

GPSdoXi: Vismundo

Vindos do interior da Paraíba, Vismundo é a nova aposta do nosso colunista Marcos Xi

O Nordeste anda bem ativo, principalmente na área de surpresas musicais distantes do regionalismo sepulcral que por muito permeou os artistas da cidade. Pouco a pouco aparecem sonoridades que se distanciam das mesmices importadas e das reciclagens de artistas do sudeste.

A Vismundo é uma junção de ritmos nacionais de diversas épocas e regiões, trazendo para suas canções elementos próprios e diferenciados. Há um pouco de brega, da jovem guarda, da cena indie pós hermana e uma boa influencia de Gram para formatar suas suaves e aconchegantes canções de amor.

Formada no interior paraibano, Vismundo briga dentro de um cenário pequeno que ainda tenta desbravar espaços e respeito, trazendo qualidade de artistas em ascensão e promissores, mas com vida curta e pouca exposição. O que resta é esperar o lançamento do trabalho de estréia do sexteto, com treze faixas, mas ainda sem data final de lançamento.

Marcos Xi é editor chefe do RockinPress e faz\fez participações especiais para uma dúzia de outros sites, incluindo NME, SWU, Submarino e quem mais chamar. Além disso, atua como assessor digital de diversos artistas da nova música brasileira, ao mesmo tempo que trabalha com conteúdo online e reportagem na agência carioca LadoBê.

Sobre o RockInPress

A música brasileira reverbera por todo o mundo e há representantes nossos em vários pontos do globo. O papel do RockinPress é mostrar em primeira mão música boa feita por brasileiros seja onde for, enaltecendo novidades e acompanhando a criação de cenas musicais regionais e nacionais, com foco na independência dos artistas e formas alternativas de divulgação, tornando-se assim um dos maiores e mais importante do gênero em atuação no Brasil.