Pedra Letícia no Estúdio Showlivre

O Pedra Letícia fez uma apresentação enérgica e com casa cheia no Estúdio Showlivre! O rock bem humorado do grupo teve direito a coreografia do pessoal da plateia e até uma declaração de amor para a ex-namorada do vocalista Cambota: “Morre, diabo!”.

A banda, autora do hit “Eu não toco Raul”, falou que não tem coisa alguma contra Raul Seixas, mas sim contra os fãs insistentes do cantor. E para provar, fizeram uma versão para “Mas I Love You”, lado B do baiano. Para fechar a apresentação, comentários justos sobre carecas reluzentes e locução de rádio AM.

Confira a reprise agora no www.showlivre.com. Depois os vídeos serão editados e estarão disponíveis por aqui!

College 11 em entrevista exclusiva

O showlivre.com foi até o escritório da Disney, em São Paulo, conversar com o College 11. A dupla comentou sobre o novo clipe, “Till The Morning Light”, gravado no show de abertura que fizeram na apresentação de Demi Lovato no Brasil. Mayra e Bruno falaram sobre os preparativos do show e contaram sobre a satisfação de ver o trabalho reconhecido. Para eles, o clipe ficou como uma lembrança emocionante deste momento da carreira. Em breve você poderá assistir ao vídeo no www.showlivre.com.

A dupla também falou sobre seu primeiro álbum, homônimo. A escolha do repertório foi um dos grandes desafios pois, segundo Bruno, foi como ter muitos filhos e ter que decidir apenas por alguns. No fim das contas, a sensação de ver o disco pronto foi inigualável e eles ficaram satisfeitíssimos com o resultado, que poderá ser ouvido na turnê que começa agora. Por enquanto, estão previstos shows no Brasil e na Argentina.

Para encerrar, de quebra, fizeram uma performance acústica exclusiva de três canções do College 11. Ficou curioso? Fique de olho no www.showlivre.com, os vídeos irão ao ar nos próximos dias.

Pedra Letícia ao vivo no Estúdio Showlivre

Os bagunceiros do Pedra Letícia se apresentam ao vivo no Estúdio Showlivre hoje, 31 de julho, terça-feira, a partir das 16h.

Tem perguntas? Pode mandar pelo twitter @showlivre que vamos convence-los a responder…

Perfil:
A banda Pedra Letícia vem conquistando o Brasil com seu pop rock irreverente e malicioso. Começando no ano de 2005 em Goiânia, a capital sertaneja, essa banda percorreu os bares da região mostrando um rock bem executado e divertido, com letras inteligentes e arranjos empolgantes. Com mais de 35 milhões de acessos no YouTube e participações marcantes em programas de TV, a banda já agitou platéias em 16 estados brasileiros, em mais de 350 shows.

Pedra Letícia no Estúdio Showlivre
Terça 31 de julho, a partir das 16h

Link: http://msn.showlivre.com.br/aovivo

Napalm!

Clemente Nascimento foi testemunha do nascimento, sucesso e implosão de uma das casas noturnas paulistanas mais importantes da década de 1980, fundada em 28 de julho de 1983.

O apresentador do showlivre conta um pouco da experiência e dos personagens do Napalm.

“Quando em algum dia de 1983, fui convidado por Ricardo Lobo para trabalhar no Napalm, a casa noturna não passava de um projeto ainda a ser realizado num galpão de uma gráfica na Rua Marques de Itu, centro de São Paulo, e também não passava pela minha cabeça que estaria trabalhando numa das casas mais emblemáticas da então recém inaugurada década de 1980.

Além de mim, vários outros punks trabalharam lá em funções que iam de barman a porteiro, entre eles o João Gordo do Ratos de Porão e Mingau que hoje toca no Ultraje a Rigor, participamos de todas as fases, derrubamos paredes, montamos balcão, pintamos tudo e enchemos o forro de papelão para ajudar no isolamento acústico, o que tornou o nome Napalm mais que apropriado, pois bastaria uma fagulha para tudo aquilo virar fumaça em segundos, e é claro que estávamos lá na última noite, quando Ricardo Lobo preparou um caldeirão misturando todas as bebidas que haviam sobrado e nós entornamos aquela mistura até as sete horas da manhã, num verdadeiro “gran finale”.

A casa funcionou efetivamente durante 50 noites e foram realizados shows realmente marcantes. Destas 50 noites, posso afirmar com certeza, que fui no mínimo a 49 delas, desde a abertura, que foi no dia 28 de julho de 1983 em que toquei com os Inocentes e ainda teve as Mercenárias até o dia do fechamento. Lembro que nesse dia resolvemos no camarim terminar a banda e anunciamos isso durante o show. Foi uma comoção geral e enquanto tocávamos a música “Miséria e Fome”, até então pela última vez, as meninas choravam e os rapazes nos xingavam revoltados. A banda voltou um ano depois e o resto todo mundo sabe…

Por lá ainda passaram Titãs, Ultraje a Rigor, Ira todas ainda novatas e cheias de energia, muitas saiam do palco contratadas pela Warner -o produtor Peninha Schimidt estava sempre por lá, tinham ainda as bandas que não chegaram a ser conhecidas pelo grande público, mas, que deixaram suas marcas indeléveis no rock nacional, como o Coqueluxe, Azul 29, Voluntários da Pátria entre outras, que traziam em suas formações figuras que vieram despontar mais tarde já com outras bandas, caso do Fernando Deluqui que estreou no Napalm com o Ignose, mas ficou conhecido mesmo como guitarrista do RPM anos depois.

Foi lá no Napalm que o rock de Brasília foi apresentado a São Paulo, tive o prazer de receber as duas bandas que tocaram juntas nessa noite: Legião Urbana e Plebe Rude. E me surpreendi ao ver a cara de bons moços daquela rapaziada bem nascida da capital federal, pensei comigo: “esses caras não sobrevivem por 10 minutos nas ruas de São Paulo”.

Legião Urbana no Napalm

Conheci várias figuras interessantes que frequentavam a casa quase todas as noites, como um cadeirante animado, que anos depois descobrimos que era o escritor Marcelo Rubens Paiva, um estudante da USP que virou fotógrafo, chamado Rui Mendes, um moleque metido a DJ e que não sabia fritar um ovo, o Alezinho, hoje mais conhecido como Alex Atala, a fotógrafa Vânia Toledo e várias outras figuras interessantíssimas.

Além dos shows ao vivo, curtíamos uma das grandes febres daquele momento, o vídeo clipe, com a exibição em TVs espalhadas pela casa que também animavam a disputadíssima pista de dança que fervia até altas horas.

O Napalm não ganhou a mesma aura mística que hoje envolve o Madame Satan, mas isso não tira sua importância e seu pioneirismo, numa época de novidades e maneirismos, em que não era nem fácil e nem simples ser moderno.”

Garotas Suecas faz turnê na Espanha

Energia é o que não falta para o Garotas Suecas. Após lançar sua versão do single “Bat Macumba”, de Caetano Veloso e Gilberto Gil, na coletânea La Onda Vampi, da gravadora espanhola Vampi Soul – responsável por editar o celebrado álbum Escaldante Banda em CD e LP na Europa em 2011 –, e também para download gratuito em suas redes sociais, o quinteto acaba de embarcar para turnê de quatro apresentações na Espanha – três delas em alguns dos maiores festivais do país.

O giro começa nesta quinta, 19 de julho, na cidade de Huesca, no festival de músicas do mundo Pirineos Sur. Dia 24, na Sala Siroco, em Madri, Guilherme Saldanha (voz), Irina Bertolucci (teclado e voz), Tomaz Paoliello (guitarra e voz), Fernando Machado (baixo e voz) e Nico Paoliello (bateria e voz), além do percussionista convidado Matheus Prado, fazem show em um ambiente onde já tocaram músicos influentes, como o regueiro Clinton Fearon. Em 26 de julho, o Garotas Suecas volta se apresentar em um festival: o Lowcoast, em Benidorm. Para fechar, o grupo de São Paulo vai a Cartagena, dia 27, onde será atração do La Mar de Musicas Festival.

Depois da turnê na Espanha, o Garotas Suecas retorna aos estúdios para gravar o sucessor do premiado Escaldante Banda, álbum de estreia lançado em outubro de 2010. Com produção do britânico Nick Smith, o segundo disco deve conter um número maior de faixas cantadas em inglês e tem previsão de lançamento para outubro deste ano. Canções inéditas como “New Country” e “Manchetes da Solidão” já fazem parte dos atuais shows do grupo.

Confira o Estúdio Showlivre com a banda!

Turma do Pagode: dez anos de carreira

Com o álbum e DVD O Som das Multidões, a Turma do Pagode registra dez anos de uma trajetória que teve início num pagode de mesa de uma das casas de samba tradicionais de São Paulo para depois cruzar todo o país e o dial das rádios. Nos dias 27 e 28 de julho, o grupo volta à cidade natal para celebrar esta história de sucesso, apresentando seu novo trabalho no palco do Credicard Hall.

Os shows também são um agradecimento. Afinal, foi num Credicard Hall lotado que, em fevereiro deste ano, a Turma do Pagode fez uma de suas mais importantes apresentações. Na ocasião, o grupo interpretou não só os hits de seus cinco álbuns e do DVDs anteriores, mas também 14 inéditas e 10 canções revisitadas, além das extras que depois foram incluídas em O Som das Multidões.

Já viu este Estúdio Showlivre com o grupo?

O Terno mostra os genes de Maurício Pereira no Estúdio Showlivre

Às 16h tem Estúdio Showlivre com O Terno! A banda já fez a passagem de som e em breve irá mostrar o repertório do seu primeiro disco, que acaba de ser lançado, e novidades que estarão no segundo disco. Além das composições da banda, eles tocam músicas de Maurício Pereira, que é pai do vocalista. Se o bom humor estiver nos genes, o papo com o apresentador Clemente Nascimento promete altas risadas.

Para assistir ao programa online, é só acessar www.showlivre.com. Depois os vídeos são editados e você pode assistir quando quiser aqui no showlivre.com. Para enviar perguntas ou recados, é só ir no @Showlivre e nós passamos para a banda!

Serviço
O Terno no Estúdio Showlivre
Data: Quinta-feira, 26/07/12
Horário: 16h
Onde ver: www.showlivre.com
Perguntas e recados: @Showlivre

O Terno no Estúdio Showlivre

O Estúdio Showlivre recebe O Terno hoje, às 16h!

O Terno é um trio paulista de rock’n’roll. Formado por Tim Bernardes, 20 (voz e guitarra), Guilherme “Peixe”, 21 (baixo) e Victor Chaves, 20 (bateria), a banda se apresenta desde 2006 com um repertório que se iniciou com covers e versões de bandas como Mutantes, Beatles, Kinks, Gilberto Gil e Caetano Veloso. O primeiro disco do grupo será lançado ainda no primeiro semestre de 2012 e conta com participação de Marcelo Jeneci e Maurício Pereira.

Para assistir ao programa online, é só acessar www.showlivre.com. Depois os vídeos são editados e você pode assistir quando quiser aqui no showlivre.com. Para enviar perguntas ou recados, é só ir no @Showlivre e nós passamos para a banda!

Serviço
O Terno no Estúdio Showlivre
Data: Quinta-feira, 26/07/12
Horário: 16h
Onde ver: www.showlivre.com
Perguntas e recados: @Showlivre

Kiara Rocks traz homenagens e novidades ao Estúdio Showlivre

A apresentação do Kiara Rocks foi puro rock’n’roll! A banda apresentou músicas que estarão em seu próximo disco e ainda fez belas homenagens a duas grandes influências: Foo Fighters e Guns N’ Roses. O papo com o apresentador Clemente Nascimento, como sempre, foi só risadas – roubadas, correria independente e lançamentos estiveram na pauta. E a banda respondeu a perguntas de vários fãs!

Quer assistir a reprise? É só acessar AGORA o http://msn.showlivre.com.br/aovivo.html. Depois os vídeos são editados e você pode assistir quando quiser aqui no showlivre.com.

Estúdio Showlivre com Kiara Rocks terá surpresas

O Kiara Rocks está passando o som para o Estúdio Showlivre, que vai rolar às 16h!

Esta é a primeira apresentação da banda no Estúdio Showlivre e eles prometem surpresas! Novidades sonoras e visuais sobre os próximos lançamentos, além de homenagens.

Para assistir ao programa online, é só acessar www.showlivre.com. Depois os vídeos são editados e você pode assistir quando quiser aqui no showlivre.com. Para enviar perguntas ou recados, é só ir no @Showlivre e nós passamos para a banda!

Serviço
Kiara Rocks no Estúdio Showlivre
Data: Terça-feira, 24/07/12
Horário: 16h
Onde ver: www.showlivre.com
Perguntas e recados: @Showlivre