The Drums no Estúdio Emme

Com sua mistura de surf music e guitar pop, o aclamado grupo norte-americano The Drums, formado por Jonny Pierce (vocal), Jacob Graham (guitarra), Adam Kessler (guitarra) e Cannor Hanwick (bateria) fará apresentação de seu álbum homônimo, gravado em 2010 no Estúdio Emme nesta quinta-feira, 31 de março.

O disco rendeu uma série de críticas positivas na imprensa internacional, que considera o grupo como uma das grandes apostas de bandas revelação para este ano. O The Drums foi recentemente premiado com o “Philip Hall Radar” no NME Awards, da revista New Musical Express (NME), título respeitado do cenário musical do Reino Unido.

O repertório do show vai dos hits “Let’s go surfing” e de “Down by the water”, até as épicas “Me and the moon” e “Forever and ever amen, Book of Stories”, além de “The future”, a última faixa do álbum. A abertura do show fica por conta do Funhell DJs, que vai de rock a eletro, e prepara os convidados para a apresentação dos norte-americanos.

The Drums @Estúdio Emme
31 de março – a partir das 21h
Av. Pedroso de Morais, 1036
Preço: R$ 80,00 a R$ 120,00

Marsali, Nelson e Jones

Depois do disco Two Men With the Blues (2008), a dupla Willie Nelson e Wynton Marsalis se reencontra para um novo álbum, tributo a Ray Charles, ícone do soul, r&b, jazz, country e pop. Here We Go Again: Celebrating the Genious of Ray Charles foi gravado no Jazz At Lincoln Center e contou com a ilustre participação de Norah Jones.

O álbum está previsto para ser lançado em 29 de março e contará com 12 faixas sobre os altos e baixos do amor. O repertório inclui músicas que colocaram Charles na cena musical, como “Hallelujah I love her so”, “Cryin’ time”, “Hit the road Jack”, “Busted”, “Makin’ Whoopie” e, possivelmente seu maior hit, “What’d I say”. Todas as canções contam com arranjos originais por Marsalis e artistas do círculo do Jazz at Lincoln Center. As músicas são apresentadas em uma variedade de estilos, incluindo gospel, boogaloo, balada country, bolero, hard bop, r&b, valsa e swing 4/4.

(Ref: Assessoria Imprensa da EMI Records)

Leandro Lehart no Estúdio Showlivre

Uma orquestra de percussão acompanha o cantor e compositor Leandro Lehart na apresentação ao vivo hoje a partir das 15h do Estúdio Showlivre.

Apresentando o DVD Samba Pop Brasil Mestiço, o fundador do Art Popular apresenta seu projeto que quer democratizar a sonoridade e a energia da escola de samba.

Perfil:

Crescendo em meio às escolas de samba, porém com uma grande influência na música negra americana, Leandro Lehart desenvolveu um som de característica única e marcante, ganhando espaço e reconhecimento no meio musical. Em 1990 Leandro fundou o Art Popular, um dos grupos de samba mais famosos do Brasil, vendendo sete milhões de álbuns em 10 anos.

Leandro foi considerado o maior compositor da década pela revista Veja. Possui mais de 300 músicas gravadas por diversos intérpretes, incluindo Jorge Benjor, Jorge Aragão e Alcione.

Como produtor, Leandro gravou álbuns com os artistas Billy Paul, Jorge Benjor, Take 6 (vencedor de 9 prêmio do Grammy) e Olodum dentre os mais expoentes, ganhando o Grammy Latino em 2002.

Samba Pop Brasil Mestiço

Leandro acaba de gravar o seu primeiro DVD intitulado “Samba Pop Brasil Mestiço”, que conta com a participação de Seu Jorge, Jorge Aragão, Alcione, Jair Rodrigues, MV Bill, Planta e Raiz, Velha Guarda da Vai Vai, Resgate Coral Gospel, Dança de Rua do Brasil e o artista sul africano MXO.

Ele reuniu percussionistas de várias escolas de samba e fez um registro histórico em um formato completamente diferente. Ao lado de uma verdadeira “Orquestra de Tambores” com 36 ritmistas, Leandro gravou 18 clássicos das escolas de samba em qualidade digital em estéreo e “surround”, numa sala estilo “Abbey Road Sessions”, com tudo filmando em full HD por dez câmeras. O projeto todo foi editado e mixado pelo próprio Leandro Lehart.

Um dos objetivos do projeto, segundo o próprio artista, é mostrar ao mundo que a bateria de escola samba é um elemento interessante a ser explorado pela indústria da música popular do Brasil e do mundo – assim como foram inseridas neste contexto a orquestra sinfônica, o coral gospel da música negra dos Estados Unidos, a música cubana, o reggae jamaicano, e claro, a bossa nova.

Wander Wildner ao vivo

O cantor Wander Wildner é a atração do Estúdio Showlivre, ao vivo, na terça-feira, dia 22 de março, excepcionalmente às 12h.

Wander Wildner - foto: Georgia Branco

Perfil:
Wander é do tipo que se expõe em tudo o que faz, que se define em cada verso. Ou, para facilitar ainda mais as coisas, em cada título. Pode-se dizer que ele é um garoto solitário, meio-hippie-meio-punk-meio-rajneesh, cuja vida oscila entre anjos & demônios, mas que ainda acredita em milagres. É do tipo que segue no ritmo da vida, e nada pode descrever com tanta exatidão este roqueiro que gosta de transformar os conflitos em canções simples, feito um legítimo punk.

Agora ele está lançando o CD Caminando y Cantando, seu sexto álbum de estúdio. Inspirado na sua recente andança por Buenos Aires, Montevideo e Berlin, o novo disco tem característica folk e deixa claro as influências setentistas que Wander carrega desde sua adolescência.

Caminando y Cantando enfatiza a faceta intérprete do menestrel punkbrega. Foi produzido por Wander Wildner, gravado em Porto Alegre por Thomas Dreher, e finalizado no Rio de Janeiro por Alvaro Alencar e Fabiano Estevão. Teve participação dos músicos Jimi Joe, Arthur de Faria, Mauricio Chaise, Marcelo Scherer, Georgia Branco e Pitchu Ferraz, que acompanham Wander nos shows. Contou também com a presença do produtor Flu, do músico uruguaio Santiago Guidotti, Desirre Marante do coletivo Os Massa, William Dalton do grupo Os Daltons, Guri Assis Brasil e Guilherme Almeida da banda Pública e Pedro Petracco do Cartolas.

O disco é um lançamento do selo Fora da Lei, com distribuição nacional da Unimar Music, e chega nas lojas no formato CD no início de 2011, com capa assinada pelo artista gráfico Koostella e ilustração de Eloar Guazzelli no encarte.

Agenda Showlivre: anote e vá

Enquanto o nosso programa de roteiro de shows não fica pronto, mando uma relação de shows que vão acontecer em São Paulo e recomendo, vamos lá:

Zá: show no Urban Lounge

A cantora revelação paulistana apresenta seu álbum de estreia no Urban Lounge. O repertório transita por diversos ritmos, como rock e soul, sempre com interpretações doces e melodias dançantes. Entre as referências da cantora estão Aretha Franklin, Roberto Carlos, Pretenders e Otis Redding.

Na mesma noite, a banda Paris Le Rock (www.myspce.com/parislerock) se apresenta na casa.

18 de março (sexta), a casa abre às 23h
Urban Lounge
Rua Carlos Vicari, 263 – Lapa (próximo ao Sesc Pompéia)
www.urbanlounge.com.br
Entrada: R$ 12 (entrada) ou R$ 30 (consumação)
Garotas não pagam entrada até a meia-noite

Orquestra Contemporânea de Olinda

Idealizada pelo Gilú (percussionista), a Orquestra é a reunião de alguns dos melhores músicos pernambucanos que não se contentam com a formação tradicional de uma banda.

Com segundo disco em fase de produção (a ser lançado ainda em 2011), a Orquestra Contemporânea de Olinda já foi indicada a Grammy Latino e outros renomados prêmios e indicações valiosas (até o NY Time) e m sua carreira.

Dias 18, 19 e 20/mar
Sexta e sábado, às 21h. Domingo, às 18h.
SESC Santana
Av Luiz Dumont Villares 579 – Santana
Tel. 2971 8700
Entrada: De R$ 4,00 a R$ 16,00. Os ingressos estão à venda em todas as unidades Sesc de São Paulo.

13 anos de Vozes do Brasil com Patricia Palumbo

Para celebrar os 13 anos no ar do programa Vozes do Brasil, a jornalista Patricia Palumbo convida para uma festa em forma de jam session no Studio SP.

Tom Zé e Seu Jorge fazem participações especiais, seguidos de artistas que se revezam no palco: Bárbara Eugênia, Blubell, Bruno Morais, Céu, Edgard Scandurra, Karina Buhr, Mariana Aydar, DJ Zé Pedro e muitos outros mais.

23 de março (quarta) às 21 horas
Studio SP
Rua Augusta, 591 – Consolação
Entrada R$ 30,00
Tel. (11) 3129 7040

Noruegueses do Datarock

A Datarock se autointitula como a união de quatro amigos bêbados que, embalados pela onda dos festivais eletrônicos europeus, resolveram começar a banda em 2000 misturando indie dance, new wave, pop rock, punk e funk. Show prá lá de divertido.

24 de março (quinta-feira). Abertura da casa 21h.
Estúdio Emme
Rua Pedroso de Moraes, 1036.
Tel. (11) 3031-3290
Ingressos: R$ 80 a R$ 120
Vendas: livepass.com.br ou tel.: 4003-1527

Los Porongas na festa da Scream and Yell e Urbanaque

Scream and Yell e Urbanaque se unem para promover mais uma noite, tendo como atração no palco os acreanos do Los Porongas para mostrar em primeira mão as músicas de seu novo álbum O Segundo Depois do Silêncio, em que aprofundam suas experimentações musicais e líricas inspiradas pelo rock oitentista e guitarras psicodélicas.

25 de março (sexta) – Abertura da casa: 22h – Início do show: 23h
Casa Dissenso
Rua dos Pinheiros, 747 – Pinheiros
Discotecagem: Urbanaque + Scream&Yell
Entrada: R$ 20 na porta ou R$ 15 na lista (lista@urbanaque.com.br)
Telefone: (11) 2364-7774

Novo Radiohead

A gravadora EMI divulgou lançamento em terras brasileiras do novo disco do Radiohead, King of Limbs.

O oitavo álbum de estúdio do grupo inglês chega às lojas do Brasil no início de abril. São oito faixas elaboradas pela banda e Lotus Flower, o primeiro single, já é hit em várias rádios do país.

O clipe da música, que mostra o vocalista Thom Yorke numa coreografia, no mínimo inusitada, é fenômeno recente na internet, ultrapassando a marca de 7 milhões de visualizações no youtube.

Confira o tracklist de Kings of Limbs
1. “Bloom”
2. “Morning Mr. Magpie”
3. “Little by little”
4. “Feral”
5. “Lotus flower”
6. “Codex”
7. “Give up the ghost”
8. “Separator“

Manu Gavassi no Estúdio Showlivre

A nova voz da geração teen, Manu Gavassi apresenta seu disco de estréia no Estúdio Showlivre dia 15/março, terça-feira, a partir das 15h.

Manu Gavassi tem 18 anos e iniciou a carreira musical por influência do pai, que costumava tocar violão. Não demorou muito e ela já estava dominando o instrumento. Mais tarde entrou para a Galera Capricho, grupo de leitoras que auxilia na revista, e começou a publicar vídeos caseiros de suas músicas. Manu virou sensação na internet e chamou a atenção do produtor musical Rick Bonadio.

Em setembro de 2010, Manu lançou seu disco homônimo pelo selo Midas Music/No Capricho. A produção é de Bonadio com André Jung, ex-baterista do Ira. O videoclipe do primeiro single, “Garoto Errado”, ultrapassou a marca de 2,5 milhões de views no YouTube.

Manu canta 12 músicas escritas por ela e uma especialmente feita por Lucas Silveira, da banda Fresno, que a presenteou com a canção “Canta Comigo”. O baterista Daniel Weksler, da NX Zero, também fez participação especial gravando a bateria dessa música e de “Tudo o Que eu Quiser- Yeah” balada com forte pegada pop. Além deles, diretamente de Nashville (EUA), o produtor Eric Silver, responsável por artistas como Miley Cyrus, encabeça os violinos, banjos e fiddle do disco.

O disco inteiro denuncia que Manu Gavassi é uma artista pop completa com grande influência rock e folk que tem tudo para se tornar a maior referência feminina teen do país.

Festival Rock Feminino em Rio Claro (SP)

Um mês de programação irá marcar a nona edição do festival Rock Feminino, que acontece de 12 de março a 3 de abril de 2011, na cidade de Rio Claro, interior do Estado de São Paulo. O evento principal acontece na Estação Ferroviária, no dia 19 de março, a partir das 12h, tendo como atrações principais as bandas Girlschool, Mallu Magalhães e CW7.

Para selecionar as mais de 400 bandas de diversas localidades do Brasil e países da América Latina, que se inscreveram para tocar no festival, foram convidadas personalidades da música como Regis Tadeu (Yahoo!), Mingau (Ultraje a Rigor), André Pomba (Revista Dynamite) e muitos outros.

Paralelamente aos shows, serão promovidas palestras, workshops, mostra de cinema, de teatro, artes visuais, concurso literário, apresentação de banda sinfônica e oficinas e palestras para capacitação de produção musical e incentivo a produção autoral.

A apresentação do festival será do nosso velho conhecido Clemente Nascimento (Inocentes e canal Showlivre).

A entrada para as atividades do festival são gratuitas ou beneficentes (um litro de leite longa vida). Pessoas de outras localidades que quiserem acompanhar o evento podem conferir tudo através do site www.redecidadelivre.com.

Mais informações: www.rockfeminino.org.

Fatboy Slim no Sirena em Maresias

O DJ inglês Fatboy Slim se apresenta em Maresias, São Sebastião – litoral norte de São Paulo neste sábado, 12 de março, a partir das 3h, no club Sirena.

Norman Cook – seu nome de batismo – tem uma intensa relação com o Brasil, marcada pelo show na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, que contou com aproximadamente 400 mil pessoas, no ano de 2007. O DJ chegou a declarar seu amor pelo país no hit “Put your hands up for Brazil”, versão de “Put your hands up for Detroit”, de Fedde Le Grand, além da clássica abertura de set que fez na praia carioca com uma versão quebrada de “Garota de Ipanema”.

A mistura de house, acid, funk, hip-hop, electro e techno o consolidou de vez como um astro dentro do cenário da música eletrônica. Seus sets misturam técnica, improviso, simpatia e muito alto astral.

No próximo dia 15, ele estará em Porto Alegre, onde participa do Pop Festival – que tem Shakira como headliner e também passa por Brasília, no dia 17, e São Paulo, 19.

SERVIÇO
Fatboy Slim no Sirena
Data: 12/03
Horário: 3h (13/03/2011)
Endereço: Rua Sirena, 418 – Maresias, São Sebastião (SP)
Contato: (11) 3077.0000
Capacidade da casa: 4000 pessoas
Censura: 18 anos
Estacionamento: R$ 30,00 (sem manobrista)
Valores de entrada: R$ 120,00 aR$ 250,00
Cartão de crédito: MasterCard e, Visa
Cartão de Débito: Rede Shop e Visa Electron

The Name remixado e álbum chegando

Andy do power trio disco-post-punk The Name conta para a gente sobre o lançamento do EP de remixes da banda e sobre o aguardado álbum de estreia:

“A gente lançou esse EP de remixes na gringa agora, com “Time for fun”, “Let the things go” e um remix de cada! “Let the things go” foi remixado pelo duo belga The Babel Orchestra, que é um dos caras que fazia parceria com o Aeroplane. Já “Time for fun” foi remixado pelo Young Magic, que esta começando a bombar nos EUA. Já saíram na Pitchfork e tudo mais. As músicas estão à venda no iTunes (http://itunes.apple.com/us/album/let-the-things-go-ep/id422889972
Ontem terminamos as pré-produções do nosso primeiro álbum cheio! Se tudo correr bem, devemos lançar ele em Julho, com cerca de 11 músicas, em formato vinil, CD e download!

The Name por Fabricio Vianna

Nessa sessions compusemos e gravamos 20 músicas em um mês, com os produtores musicais Felipe Colenci e Eduardo Ramos. Agora o próximo passo é gravar as que entrarão pro disco com a produção do Rafael Ramos (Deckdisc/Vigilante). Estamos mega animados com o resultado e agora vamos organizar algumas ações com o público durante o processo de gravação. Quem sabe o público mesmo não escolhe alguma música que vai entrar pro álbum!“.

Agora, aguardar as novidades da moçada. Enquanto isso vale lembrar a passagem do The Name no Estúdio Showlivre: