Agendão de shows – de 9 a 15 de dezembro

Shows selecionados pela redação e pelos Embaixadores do Showlivre para você curtir na semana


Cidadania nas Ruas com Tulipa Ruiz, Rashid e Liniker @ Vale do Anhangabaú
No dia 10 dezembro, sábado, comemora-se o Dia Internacional dos Direitos Humanos. Haverá um show inédito no Vale do Anhangabaú com Tulipa Ruiz, Rashid e Liniker, juntos no palco sob a direção musical de Marcio Arantes. A abertura fica por conta da festa Batekoo, a partir das 16h.
10 dezembro, 16h
Vale do Anhangabaú – Centro de São Paulo, SP
Evento Gratuito

Garbage e Far From Alaska @ Tropical Butantã
Garbage vem ao Brasil com a turnê do álbum Strange Little Birds. Abertura do show fica por conta da banda brasileira Far From Alaska.
10 de dezembro, 18h
Tropical Butantã
Av. Valdemar Ferreira, 93 – Butantã, São Paulo – SP
R$ 180 a R$ 500

Noite Let’s Gig com Serge Erege, Gabi Milino, Luê e Banda Uó @ Stage
A agência Let’s GIG marca presença em mais uma data da SIM São Paulo. Desta vez a empresa leva artistas do seu casting para o Stage, na Barra Funda.
10 de dezembro, 22h
Stage
Rua Brigadeiro Galvão, 871 – Barra Funda, São Paulo – SP
R$ 30

Zimbra @ Dom Room
Zimbra encerra a temporada de shows em 2016 com um show em sua cidade natal, Santos.
10 de Dezembro, 23h
Dom Room
Av. Senador Feijó, 557 – Vila Matias, Santos – SP
R$ 20 a R$ 50

Fresno @ Tropical Butantã
a banda Fresno faz, em São Paulo, o show de lançamento de seu novo álbum, A Sinfonia de Tudo que Há.
11 de dezembro, 20h
Tropical Butantã
Av. Valdemar Ferreira, 93 – Butantã, São Paulo – SP
R$ 50 a R$ 200

Papa Roach @ Tropical Butantã
O Papa Roach desembarca pela primeira vez em São Paulo para tocar clássicos de sua carreira e sucessos recentes.
15 de Dezembro, 21h30
Tropical Butantã
Av. Valdemar Ferreira, 93 – Butantã, São Paulo – SP
R$ 140 a R$ 500

Time de Patrão no #ShowlivreDay+ está disponível nas plataformas digitais

A apresentação de Time de Patrão no #ShowlivreDay+ está disponível para streaming e download nas principais plataformas digitais


O Time de Patrão se apresentou ao vivo no #Showlivreday+ Rap no dia 18 de outubro de 2016. Você pode ouvir e baixar nas principais plataformas digitais. Clica aí!

Napsterhttp://bit.ly/2h2BPl3
Deezerhttp://bit.ly/2h2IjjQ
iTuneshttp://apple.co/2h2DCXq
Spotifyhttp://spoti.fi/2gzcDzk
Google Playhttp://bit.ly/2h2zaIa
Tidalhttp://bit.ly/2h2IiMO
Amazonhttp://amzn.to/2h2sDwY
Groovehttp://bit.ly/2h2uvGi

O grupo que surgiu em 2013, é influenciado e mantém o estilo Gangsta Rap dos anos 90/2000, discursam desde a celebração da vida à realidade dura das ruas.

Folk na Kombi no Estúdio Showlivre está disponível nas plataformas digitais

A apresentação da Folk na Kombi no Estúdio Showlivre está disponível para streaming e download nas principais plataformas digitais


Folk na Kombi se apresentou no Estúdio Showlivre, dia 1º de setembro de 2016. Você pode ouvir e baixar nas principais plataformas digitais. Clica aí!

Napsterhttp://bit.ly/2cKNNzI
Deezerhttp://bit.ly/2cKNRiW
iTuneshttp://apple.co/2cZVWOW
Spotifyhttp://spoti.fi/2cHHCZS
Google Playhttp://bit.ly/2cRIH0t
Tidalhttp://bit.ly/2cKNZ27
Amazonhttp://amzn.to/2halXgK
Groovehttp://bit.ly/2cKO06b

Bezão, Felipe Camara e Jonavo caíram na estrada, com sua Kombi vermelha, para divulgar a música folk. O veículo, que servia apenas de transporte no início, logo se tornou palco e hoje dá o nome ao grupo. Assim nasceu, o Folk na Kombi.

O repertório do grupo é fruto de versões e parcerias com artistas como Renato Teixeira, Nô Stopa, Roberta Campos, Renato Godá, entre outros.

#TocaDiscos – The Soul Cages do Sting

Carol Pardini comenta mais um dos seus discos que fazem parte da sua formação musical


Respira… Dê aquela enchida boa de ar puro e fresco nos pulmões… Solte o ar devagar. Isso não é aula de Ioga mas, se fosse pelo nosso músico do dia, poderia bem ser uma. Essa introdução é para você entrar no clima do álbum de hoje. Toda vez que escuto esse lindo disco do Sting (MUSO MOR da minha jornada musical, vulgo QUE HOMÃO!) me sinto como se estivesse no meio de um lugar calmo, fresco e natural.

Isso se deve pelo simples fato a seguir: quando minha mãe comprou o K7 de The Soul Cages a gente sempre ouvia no carro durante longas 3 horas entre as serras do sul de Minas Gerais. Então quando fecho os olhos, entre uma canção e outra, vejo as montanhas lindas e verdinhas de Monte Verde. Até confesso que, fui escutar esse álbum essa semana, para escrever a coluna, enquanto fazia minha corrida diária na esteira e isso quase não acabou bem. (não feche os olhos enquanto corre #FicaDica hehe)

O Sting lançou diversos álbuns fora do The Police e ao longo da sua carreira que recentemente foi premiada no AMA. Teve disco sobre noites de inverno, sobre novos dias, sobre músicas para labirintite mas, o que vou falar hoje é sobre a morte de seu pai.

Lançado em 1991, The Soul Cages é o terceiro da sua carreira solo. Sting disse em entrevistas que ele desenvolveu um bloqueio criativo sério pouco depois que seu pai faleceu. O episódio perdurou por alguns anos, durante os quais ele não conseguiu escrever nenhuma canção. A única maneira que ele encontrou para superar a aflição foi enfrentar a morte do pai através da música.

A primeira música escrita para o álbum e uma das minhas favoritas de toda a obra desse músico MARAVILHOSO foi “Why Should I Cry for You?”, e Sting relatou que o resto do álbum fluiu facilmente após esta canção. Muitas das letras falam sobre navegação ou o mar, pois o pai de Sting queria ter sido marinheiro (de acordo com a autobiografia de Sting, Broken Music). Também há referências a Newcastle, a região da Inglaterra onde Sting cresceu.

O que dói no meu coração em relação a esse álbum é que, ele não foi lá muito popular. Por exemplo, se você é fã do Sting por causa de “Every Breath You Take” este álbum será desconhecido para você. Não se sinta só, isso é bem comum e acontece em geral para fãs casuais. Isso também aconteceu com outro grande e ótimo álbum deste rapazote, que sofreu com uma falta de popularidade, o “Mercury Falling” de 1996.

Uma das minhas histórias em particular com esse álbum vem da música “Saint Agnes And The Burning Train”. Enquanto a gente subia a serra, todas as vezes que essa música instrumental tocava minha mãe detestava e fazia algum comentário sobre. Em contrapartida, para dar aquela leve irritada, eu e meu pai cantávamos a melodia em alto e bom som enquanto ela ficava ainda mais nervosa (para não dizer mais puta, com o perdão da palavra)

Fora essa canção que mostra puramente o lado músico do Sting, álbum deu origem a quatro singles de relativo sucesso e que já passaram por coletâneas do artista, são eles: “All This Time”, “Why Should I Cry for You?”, “Mad About You” e “The Soul Cages”. Esta última venceu o Grammy Award de 1992 em “Melhor Canção de Rock”. As quatro músicas são geniais e se, você se considera fã de música, PRECISA OUVIR JÁ! E inclua na sua lista “The Wild Wild Sea” que em particular é a minha favorita desse disco genial e de uma profundidade única.

Outro destaque que não é um privilégio desse álbum, é a banda do Sting. Os músicos que o acompanham até hoje são simplesmente incríveis e vale aquela pesquisa no Google.
As faixas de The Soul Cages são:
1. “Island of Souls” 6:41
2. “All This Time” 4:54
3. “Mad About You” 3:53
4. “Jeremiah Blues (Part 1)” 4:46
5. “Why Should I Cry for You” 4:54
6. “Saint Agnes and the Burning Train” 2:43
7. “The Wild Wild Sea” 6:41
8. “The Soul Cages” 5:52
9. “When the Angels Fall” 7:48

++A nossa querida Carol Pardini

Jornalista, produtora de canais de YouTube, metida a critica musical, webwritter,apaixonada pela vida ,que faz palavras cruzadas e cozinha para desestressar.

Twitter da Carol

Brvnks no Estúdio Showlivre está disponível nas plataformas digitais

A apresentação da Brvnks no Estúdio Showlivre está disponível para streaming e download nas principais plataformas digitais


Brvnks, projeto de Bruna Guimarães, se apresentou no Estúdio Showlivre, dia 26 de outubro de 2016. Você pode ouvir e baixar nas principais plataformas digitais. Clica aí!

Napsterhttp://bit.ly/2g7yTQD
Deezerhttp://bit.ly/2g7zCRz
iTuneshttp://apple.co/2glmQ51
Spotifyhttp://spoti.fi/2gyqh6e
Google Playhttp://bit.ly/2g7xFom
Tidalhttp://bit.ly/2g7woxD
Amazonhttp://amzn.to/2g7tN6D
Groovehttp://bit.ly/2g7uFsd

A cantora e compositora Bruna Guimarães lançou em abril o primeiro EP de seu projeto Brvnks. Intitulado Lanches, o trabalho traz quatro faixas compostas inteiramente por Bruna: dos arranjos de guitarra às linhas suaves de teclado.

Produzido por Edimar Filho, o EP foi lançado pela Dull Dog Records. Ainda no começo de sua promissora carreira, Bruna é mais uma revelação da música goiana dos últimos anos.

+Música by Maah Music: Argonaut & Wasp, Luciana Mello, Ego Kill Talent e Tássia Holsback

Uma leva de clipes e sons bons na coluna da semana da Maah


Argonaut & Wasp | @Argonaut_Wasp
Que tal começar a semana com lançamento internacional? É isso mesmo moçada, duo Argonaut & Wasp trás o remixes da canção “The Sneeze”. Além da música ser boa, tem o clipe insano e é claro que eles estaria na minha lista dessa semana \o então aperte o play!

Luciana Mello | @lumellonega
A cantora Luciana Mello lançou recentemente o disco Na Luz do Samba, inteiramente dedicado ao estilo. Depois do clipe em realidade virtual “Estrela Sorridente”, ela lança novo vídeo. “Jóia Rara” foi dirigido por Alexandre Sorriso e gravado ao vivo durante o show de lançamento do álbum em São Paulo, no Theatro NET. Dá o play e confira:

Ego Kill Talent | @egokilltalent_
Aqui tem clipe para todos os gostos musicais \o/ . Mais lançamentos, estamos top né produção do showlivre.com? Só lançamento hoje.
O desapego sobre aquilo que não se pode controlar é o mote principal de “We All”, videoclipe inédito lançado recentemente pela banda Ego Kill Talent, banda paulista de heavy metal. A faixa integra o EP Still Hera, lançado também este ano.
Gravado em um galpão na cidade de São Paulo, o vídeo oferece ao espectador uma ótica oculta ao redor do grupo, com direito a efeitos de sombra e luz, que somados a elementos de bastidores, criou uma atmosfera informal e bastante próxima ao redor da banda. “We All” conta com a participação do músico Estevam Romera e teve direção de Rafael Fernanz.
O clipe reforça a visão da banda como unidade, conectando a temática do desapego à importância de estar entre amigos. Aperte o play moçada \o/

Tássia Holsback
Eu sou apaixonada pela voz dela! É maravilhosa. Outra dica para vocês que sempre estão aqui comigo, é que recentemente da cantora lançou o EP, Cara Lavada. Um da minha música preferida é a canção “O que eu não dei pra ninguém”. Vem ouvir comigo e abrir aquele sorrisão no rosto \o/

Maah Music


Falae Maah!

Sou conhecida como Maah Music! Sou viciada em música e, hoje em dia, ela é como respirar pra mim. Não importa qual show é, eu sempre estou lá na frente do palco, pelo meu vício e minha necessidade de ouvir música; música só de qualidade!

+da Maah Music
Blog
Facebook
Twitter
Instagram
Soundcloud

Will Bone & Kivitz no #ShowlivreDay+ está disponível nas plataformas digitais

A apresentação de Will Bone & Kivitz no #ShowlivreDay+ está disponível para streaming e download nas principais plataformas digitais


Will Bone & Kivitz se apresentaram ao vivo no #Showlivreday+ Rap no dia 18 de outubro de 2016. Você pode ouvir e baixar nas principais plataformas digitais. Clica aí!

Napsterhttp://bit.ly/2fXdjOG
Deezerhttp://bit.ly/2fXfx0g
iTuneshttp://apple.co/2gC6jHP
Spotifyhttp://spoti.fi/2fEIWeK
Google Playhttp://bit.ly/2fXfNMF
Tidalhttp://bit.ly/2fXa6yq
Amazonhttp://amzn.to/2fX8nJB
Groovehttp://bit.ly/2fXczJ7

A dupla paulistana acaba de lançar seu primeiro EP em parceria, o tão aguardado Horas Vagas. 5 faixas produzidas, escritas, arranjadas, cantadas e tocadas apenas pelos dois artistas.

Agendão de shows – de 2 a 8 de dezembro

Shows selecionados pela redação e pelos Embaixadores do Showlivre para você curtir na semana


Anelis Assumpção @ Teatro Paulo Autran
No dia 2 de dezembro (sexta-feira), o Sesc Pinheiros recebe a cantora e compositora Anelis Assumpção. A apresentação ocorre às 21h e tem ingressos entre R$ 12 (credencial plena do Sesc) e R$ 40 (inteira).
2 de dezembro, 21h
Teatro Paulo Autran
Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros, São Paulo – SP
R$12 a R$40

Mustache e os Apaches @ Z Carniceria e Teatro Décio de Almeida Prado
A banda Mustache & Os Apaches, com seis anos de estrada, anuncia o lançamento de dois singles, intitulados “Na Melodia dos Teus Grunhidos” e “Durepoxs”, pelo selo RISCO. As músicas serão apresentadas pela primeira vez durante dois shows em São Paulo.
2 de dezembro, às 18
Z Carniceria
Av. Brigadeiro Faria Lima, 724 – Pinheiros – São Paulo/SP
R$15
3 de dezembro, às 21h
Teatro Décio de Almeida Prado
R. Cojuba, 45 – Itaim Bibi, São Paulo/SP
Entrada Gratuita

Nação Zumbi @ Parque Vila Lobos
Acontece em São Paulo, a terceira edição do evento Música e Transformação, promovido pelo movimento Trip Transformadores. As atrações confirmadas são: um encontro com o mestre budista tibetano e escritor Lama Michel Rinpoche, um show da banda pernambucana Nação Zumbi e uma exposição digital com mais de dez obras do artista plástico brasileiro Candido Portinari.
3 de dezembro, 14h
Parque Vila Lobos
Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 1025 – Pinheiros, São Paulo – SP
Entrada Gratuita

Bruna Caram @ Sesc Santo André
Lançado em outubro, o disco Multialma, da cantora Bruna Caram, finalmente será apresentado ao público.
3 de dezembro, 20h
Sesc Santo André
Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo André
R$10 a R$20

The Soundtrackers @ Bourbon Street
Depois de uma parada estratégica de 6 meses, os Soundtrackers estão de volta com novos integrantes e surpresas no repertório.
3 de dezembro, às 23h59
Bourbon Street
Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP
R$75

Chico Teixeira e Sérgio Reis @ Raízes Sertanejas no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer
Chico Teixeira e Sérgio Reis se apresentam no projeto Raízes Sertanejas que contará com participações especiais de Gabriel Sater, Irene Atienza (ex – Saravacalé) e Renato Teixeira.
4 de dezembro, 19h
Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer
Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº – Parque do Ibirapuera, São Paulo – SP
R$10 a R$20

Black Sabbat com abertura de Doctor Pheabes @ Estádio do Morumbi
O palco do Estádio do Morumbi será invadido por três gerações de rock na noite de 4 de dezembro e quem é rockeiro de carteirinha não vai querer ficar de fora dessa viagem musical, provocada por acordes e vozes que ecoarão na memória de cada uma das pessoas dessa plateia privilegiada por muito tempo…e por que não pra sempre.
4 de dezembro, 18h30
Estádio do Morumbi
Praça Roberto Gomes Pedrosa, nº 1 | Morumbi | SP
R$ 250 a R$ 700

Marisa Orth @ Bourbon Street
De forma divertida e eclética, com músicas que vão do brega ao cult, da badala às marchinhas de carnaval, Marisa Orth mostra toda sua versatilidade no palco do Bourbon Street . A atriz e cantora apresenta o espetáculo Romance Volume III – Agora Vai!, uma viagem musical entre as dores e delícias das histórias de amor.
6 de dezembro, 21h30
Bourbon Street
Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP
R$65 a R$80

Mirianês Zabot @ Bistrô Esmeralda
No ano em que lembramos um quarto de século sem Gonzaguinha, uma voz distinta soa suave e límpida para saudar a certeza da eterna presença do compositor. É a voz de Mirianês Zabot – que sobe ao palco do Bistrô Esmeralda.
8 de dezembro, 21
Bistrô Esmeralda
Rua Esmeralda, no 29, Aclimação, São Paulo/SP
R$30

Swell no Estúdio Showlivre está disponível nas plataformas digitais

A apresentação do Swell no Estúdio Showlivre está disponível para streaming e download nas principais plataformas digitais


Swell apresentou as músicas do EP Desejos em Movimento e outros sucessos no Estúdio Showlivre, dia 13 de outubro de 2016. Você pode ouvir e baixar nas principais plataformas digitais. Clica aí!

Napsterhttp://bit.ly/2fX75OF
Deezerhttp://bit.ly/2fX0WSE
iTuneshttp://apple.co/2gC1cY9
Spotifyhttp://spoti.fi/2fIQFf5
Google Playhttp://bit.ly/2fX3n7E
Tidalhttp://bit.ly/2fX40yh
Amazonhttp://amzn.to/2fX8Z1z
Groovehttp://bit.ly/2fX7tNh

Entre manobras nas pistas de skate e em ondas das belas praias do Rio de Janeiro, nasceu Swell, banda que traz ao público uma sonoridade que transita entre o rock, o reggae e o rap. O Swell é formado por Lucas Solaris (vocal/violão), Márcio Iahn (baixo/vocal), Kadu Carvalho (guitarra) e Vincent Renault (bateria). O grupo lançou em 2015 o EP Desejos em Movimento, trabalho que conta com a faixa “O Som da Inspiração”, sucesso entre os fãs.

Mais uma faixa de sucesso é “Ela é tipo…”. Presente no EP Lifestyle (2014), a música chegou a figurar entre as “20 mais virais” do Spotify Brasil e seu clipe já ultrapassou a marca de um milhão de views no Youtube.

Hungria Hip Hop no Estúdio Showlivre está disponível nas plataformas digitais

A apresentação do Hungria Hip Hop no Estúdio Showlivre está disponível para streaming e download nas principais plataformas digitais


O rapper Hungria Hip Hop voltou ao Estúdio Showlivre para apresentar seu novo single “Lembranças”, dia 13 de outubro de 2016. Você pode ouvir e baixar nas principais plataformas digitais. Clica aí!

Napsterhttp://bit.ly/2grb8Hw
Deezerhttp://bit.ly/2gr56Hc
iTuneshttp://apple.co/2f87ufM
Spotifyhttp://spoti.fi/2fc3w9k
Google Playhttp://bit.ly/2gqXCDW
Tidalhttp://bit.ly/2gr0XmB
Amazonhttp://amzn.to/2gr5Hs9
Groovehttp://bit.ly/2gr1lBm

A cada música que lança, o rapper brasiliense Hungria Hip Hop fica mais conhecido nacionalmente, com suas faixas que falam sobre a vida dos jovens, baladas, mulheres e dinheiro.

O cantor lançou nos últimos meses uma sequência de singles que logo se tornaram sucesso entre os fãs. Músicas como “Detalhes”, “Bolo Doido” (com participação de Mr. Catra), “Astronauta”, “Lembranças” e “Dubai” conquistaram o ouvido dos fãs desde o dia de lançamento.